5 mentiras que as mulheres contam aos ginecologistas

5 Mentiras que contamos ao ginecologista

5 mentiras que contamos ao ginecologista 1

Muitas vezes, seja por medo de algum julgamento ou até para tentar evitar um sermão, algumas mulheres acabam escondendo fatos dos seus ginecologistas. Por mais simples e sem importância que pareçam essas mentiras, esta é uma atitude muito comprometedora e que pode ter consequências graves, porque a partir daquilo que você diz poderá ser feito o seu diagnóstico, certo ou errado. Veja cinco das principais mentiras que as mulheres contam aos médicos que cuidam da saúde íntima:

  1. Sempre usa preservativo – esta está entre as principais mentiras contadas pelas mulheres aos médicos ginecologistas. Tem certeza de que você sempre usa preservativos mesmo? Afirmar isso é muito complicado, pois qualquer sintoma que venha apresentar e esteja relacionado com o fato da falta de proteção poderá ser descartado, fazendo com que tenha um diagnóstico errado.
  2. Toma os medicamentos corretamente, mas não cura o problema – algumas mulheres também costumam mentir aos seus ginecologistas dizendo que tomaram os medicamentos prescritos corretamente, mas que o problema não foi solucionado. Se você não tomou o medicamento corretamente, fale, pois caso contrário ele irá prescrever uma nova medicação que também poderá não ter efeito se você administrar erroneamente.
  3. Não apresenta corrimento – este fato também é muito comum nas mentiras contadas pelas mulheres aos ginecologistas. O corrimento é um fator muito comum que nem sempre determina algum problema. No entanto, é preciso ter muita atenção quando ele ocorre, pois de acordo com as suas características podem ser diagnosticas várias doenças diferentes, como endometriose, câncer de colo de útero, infecções e muito mais.
  4. Se relaciona com apenas um homem – muitas mulheres, geralmente as solteiras, ficam com vergonha de dizer ao ginecologista que se relacionam com mais de um parceiro em um mesmo período. Assumir isso é muito importante, pois é a partir desse fato que o médico poderá indicar os procedimentos corretos para prevenção de doenças sexualmente transmissíveis (DST), garantindo que você está plenamente informada para se proteger corretamente.
  5. Não toma nenhum tipo de medicamento – algumas vezes as mulheres tendem a mentir aos seus ginecologistas sobre os medicamentos que tomam para finalidades diversas. Geralmente essa mentira vem do fato de querem esconder que tomam alguma droga para emagrecer ou coisa do tipo. Porém, isso é muito perigoso, pois qualquer medicamento que venha a ser prescrevido pelo seu médico por ser incompatível com esse que você já toma sem que ele tenha o conhecimento.

 

Por Íngrid de Castro

Deixe um comentário