7 coisas para nunca fazer no primeiro encontro

Sempre que duas pessoas vão sair juntas, sozinhas, pela primeira vez, costumam ficar nervosas e muitas vezes até sem jeito sobre o fazer, o que conversar e muito mais. Bom, isso é muito comum e pode ser driblado facilmente, mas é preciso atenção e bom senso para não cometer erros irreversíveis. Veja algumas coisas para nunca fazer em um primeiro encontro:

7 coisas para não fazer no primeiro encontro 1

  1. Nunca fale dos seus antigos relacionamentos – existe coisa mais chata que uma pessoa que não para de falar da ex-namorada(o), ex-marido(mulher)? Em vez de aproveitarem o momento para descobrirem as coisas legais que possam vir a ter em comum, não, ficam remoendo o passado;
  2. Dizer que não vê a hora de casar e ter filhos – tudo bem que este não é um objetivo indigno, mas em um primeiro encontro, no qual a conversa deve ser mais leve, puxar esse tipo de assunto, dando esse tipo de declaração, pode assustar qualquer um, homem ou mulher;
  3. Passar o tempo todo resmungando da vida – ninguém merece uma pessoa negativa, não é mesmo? Pois é, não há nada mais chato do que uma pessoa negativa e fica apenas falando lamúrias, reclamando da vida à toa. Em um primeiro encontro (e sempre) o que o indivíduo que está ao seu lado quer ouvir são fatos positivos, ter a companhia de uma pessoa pra cima;
  4. Fingir ser alguém que você não é – quem nunca encontrou uma pessoa que fica o tempo inteiro tentando mostrar ser uma coisa que ela não é? Isso pode acontecer em vários sentidos, seja em relação a dinheiro, atitudes e muito mais. O mesmo em um primeiro encontro é demonstrar quem você é com naturalidade;
  5. Beber além da conta – outra coisa inadequada para se fazer em um primeiro encontro é passar da conta na bebida. Conforme o álcool vai fazendo efeito no corpo, vamos perdendo a noção das ações e também da conversa, então a chance de falar uma bobagem é muito maior;
  6. Transformar a conversa em um monólogo – se você está em um encontro é porque ambos estão ali para conversar e saber mais sobre o outro, mas isso nem sempre acontece, pois existem pessoas que monopolizam a conversa. Cuidado para não ficar falando só de você, isto é um encontro, não uma sessão com o seu psicanalista;
  7. A conta do restaurante – você quer pagar tudo, ele quer pagar tudo, ele quer dividir e por aí vai. A conta geralmente é um assunto complicado no primeiro encontro. As melhores opções são: o homem cordialmente pagar tudo ou os dois pagarem cada um a sua parte sem discussão e sem compromisso.

 

Por Íngrid de Castro

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário