A Diferença entre Diet e Light

Se tem uma dúvida que assola a maioria das pessoas na hora de comprar alimentos que pesem menos na balança – e na consciência -, é saber qual a real diferença entre os produtos diet e light. Já muito presentes na mesa dos brasileiros – mais de 35% dos lares, segundo números da Associação Brasileira da Indústria de Alimentos Dietéticos (Abiad).

E então, será que os dois tipos ajudam a emagrecer? Para acabar de vez com a confusão, e você não perder mais tempo no supermercado, entenda a diferença entre cada um e escolha o mais adequado para a sua dieta.

Os alimentos considerados Diet, são aqueles destinados a dietas com restrição de nutrientes, como carboidrato, gordura, proteína ou sódio. Os consumidores de alimentos diet, geralmente apresentam condições metabólicas ou fisiológicas específicas. Necessitando de comidas especialmente formuladas, que eliminem ou substituam algum componente como o açúcar e o sal (diabéticos, hipertensos, etc).

Um bom exemplo desses alimentos é o chocolate diet, que não contém açúcar. Outro é a bebida diet, que, para levar esse termo, deve possuir um teor de açúcar menor que 0,5g/100ml. Embora esse limite possa ser maior em alguns refrigerantes dietéticos onde é adicionado suco de fruta. Equívoco bastante frequente é associar os diet ao emagrecimento. Um engano, o valor energético deles não é menor do que o de produtos convencionais, podendo ser maior. Nem todos os diet apresentam diminuição na quantidade de calorias, e não devem ser usados para dietas com restrição de calorias.

Os produtos Light sim, possuem baixo ou reduzido valor energético ou nutricional. Para ser chamado de light, devem ter no máximo 40kcal por 100g em produtos sólidos. Nas bebidas, a proporção é de 20kcal/100ml ou a redução mínima de 25% em termos de calorias, comparado aos alimentos similares tradicionais. Informação esta, que deve ser descrita no rótulo. São indicados para os que levam um estilo de vida mais saudável, que buscam produtos com menos calorias ou com quantidade reduzida de algum nutriente – gordura e açúcar -, e seu consumo é ideal em dietas para perder peso.

No entanto, nada de consumi-los em excesso só porque vêm escrito light no rótulo. Tudo bem que ele contém menos calorias em relação ao original, mas a ingestão em excesso, pode desencadear a absorção de uma quantidade igual ou até maior de calorias do que as encontradas no produto não-light.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

  • eu amei as dicas da diferença entre o diet e o light, porque as vezes exageramos no consumo sem saber das consequencias ruins que podem causar depois na nossa saúde. bjusssssss…

Deixe um comentário