A importância do Teste do Pezinho

O Teste do Pezinho é um exame de extrema importância para detectar precocemente doenças metabólicas, genéticas e ou infeciosas que poderão causar lesões irreverssíveis no bebê, como por exemplo retardo mental.

O exame laboratorial, chamado também de triagem neonatal, popularmente conhecido como teste do pezinho, pois a coleta do sangue é feita a partir de um furinho no calcanhar do bebê. Durante o teste do pezinho é necessário que seja feita uma picadinha no calcanhar do bebê.

Mas porque é necessário furar o pé do bebê no calcanhar? É que o calcanhar é uma região rica em vasos sanguíneos e a coleta do sangue é feita rapidamente com um único furinho. O furo é quase indolor, mas é de extrema importância que seja realizado esse exame .

O teste do pezinho é realizado em grande parte nas maternidades quando o bebê completa 48 horas de vida. O exame também é feito em laboratórios. O ideal é que o teste seja feito até o sétimo dia de vida. Basta apenas uma picada no calcanhar do bebê para retirar algumas gotinhas de sangue que serão colhidas num papel filtro e levadas para serem analisadas.

O teste do pezinho é obrigatório por lei em todo o Brasil e realizando esse exame faz com que doenças causadoras de seqüelas irreparáveis no desenvolvimento mental e físico da criança sejam detectadas e tratadas mesmo antes do aparecimento dos sintomas.

A importância do diagnóstico precoce oferece condições de um tratamento iniciado nas primeiras semanas de vida do bebê, evitando a deficiência mental. A deficiência, uma vez presente no corpo, já não pode ser curada.Por esse motivo é extremamente importante que seja feito o quanto antes o teste do pezinho em seu bebê recém nascido.

A maioria das doenças podem ser tratadas com sucesso desde que diagnósticadas antes mesmo de manifestar os primeiros sintomas. Existem três tipos de teste do pezinho : Básico, Ampliado e Plus.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário