Acne tratamento

tratamento-acne

Acne, é uma inflamação na pele, algumas vezes apresentada mais na adolescência, pelo nível de hormônios sexuais elevados causando o aumento da secreção de sebo pelas glândulas sebáceas, provocando o aparecimento de bolhas e pontos negros no rosto, costas, peito e também nos ombros.

Controle:
Uma higienização adequada da pele pode ajudar muito a diminuição das acne como sabonetes, loções higienizantes e adstringentes para tratar a pele acnéica e controlando a oleosidade é essencial para esses casos.

Tratamentos:

Esfoliação da pele
A esfoliação da pele pode ser feita tanto de maneira mecânica quanto através de substâncias químicas como o peróxido de benzoíla e ácido salicílico. Elas atuam prevenindo o acúmulo de células mortas e também ajudam na desobstrução de poros afetados. Dentre os tratamentos tópicos, o peróxido de benzoíla e o ácido salicílico são as medicações mais eficientes.

Antibióticos tópicos e orais
Aplicação de antibióticos na região afetada, utilizando-se cremes e loções a base de eritromicina e ácido fusídico. Eles atuam eliminando as bactérias que se alojam no orifício do folículo piloso.
Existem antibióticos orais que são utilizados em casos mais graves baseados em outros princípios ativos.

Tratamento hormonal
Nas mulheres é possível se aplicar um tratamento hormonal, que consiste na ingestão de contraceptivos orais (hormônios femininos) que neutralizam os efeitos de excessos de hormônios masculinos.

Retinóides tópicos
Agem na normalização do ciclo de vida das células do folículo, dissolvendo e prevenindo a formação de comedões. Eles não impedem a produção de sebo. Estão relacionados à vitamina A. O retinóide tópico mais utilizado em tratamentos é a isotretinoína.

Retinóides orais
Agem reduzindo a secreção de sebo das glândulas. Consiste na ingestão diária de derivados da vitamina A como a isotretinoína ou ácido isotretinóico durante um período de 4 a 6 meses. A isotretinoína tem se mostrado muito efetiva no tratamento da acne severa e pode melhorar ou curar totalmente cerca de 80% dos pacientes tratados.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário