Alergia a Lactose – Sintomas e Tratamento

Alergia ou intolerância a lactose, é a incapacidade de aproveitar a lactose, ingrediente característico do leite animal ou derivados (laticínios). Na superfície mucosa do intestino delgado existem células que produzem, estocam e liberam uma enzima digestiva (fermento) chamada lactase, responsável pela digestão da lactose, quando o intolerante a lactose ingere leite ou derivados, este é mal absorvido, passando a ser fermentado pela flora intestinal, produzindo gás e ácidos orgânicos, o que resulta na assim chamada diarréia osmótica, com grande perda intestinal dos líquidos orgânicos.

Existem pessoas que nascem sem a capacidade de produzir lactase e, enquanto bebês, sequer podem ser amamentados, pois surge implacável diarréia. Entretanto, mesmo na vida adulta pode aparecer esta incapacidade de produção ou uma inibição temporária a lactose.

Os sintomas variam de pessoa a pessoa e de acordo com a quantidade ingerida.  Assim, a maioria dos deficientes de lactase pode ingerir o equivalente a um ou dois copos de leite ao dia, desde que com amplos intervalos e não diariamente. Geralmente os intolerantes a lactose percebem alterações abdominais, como ruídos, barriga inchada e gases, diarréia líquida acompanhada de cólicas e, algumas vezes, queixa de ardência anal e assadura, devido a acidez fecal passar a ser intensa (pH 6,0).

O diagnóstico do problema é feito através do Teste de Tolerância à Lactose. Nele, o paciente recebe para beber um copo d’água contendo de 50 a 100 g de lactose e lhe é tirado sangue quatro a cinco vezes no espaço de duas horas. Quando a diferença entre a dosagem sangüínea da lactose de jejum e o pico da curva das demais medidas se mostrar menor de 20 mg%, o teste tem “curva plana” e é considerado positivo, indicando má absorção de lactose nessas pessoas.

O tratamento da alergia a lactose é geralmente realizado através da prevenção, ou seja, suspendendo-se o consumo de leite e laticínios. Além da tomada prévia de um tipo de fermento sintético a qualquer ingestão de lactose. Já que em muitos medicamentos, inclusive antidiarréicos e anti-reumáticos contêm lactose na formulação.

 

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário