Atitudes que acabam com o relacionamento

Principais atitudes que podem acabar com um relacionamento

atitudes que acabam com o relacionamento 1

 

Manter um relacionamento saudável não é uma das atividades mais fáceis do mundo, é preciso bastante empenho para que ambos os lados estejam felizes nessa relação. Embora muitas vezes as pessoas queiram que esse namoro, casamento, enfim, o envolvimento que for, vá para frente, dê certo e dure muito tempo, às vezes elas acabam cometendo alguns deslizes através de atitudes erradas que podem colocar tudo a perder. Veja quais são as principais ações que podem dar fim à união de um casal:

  1. Cobranças excessivas – todo mundo que já esteve em um relacionamento um dia e passou por situações em que a outra pessoa fazia muitas cobranças em cima de você sabe que é difícil de aguentar uma situação dessas. O pior ainda é que, em geral, que cobra nunca faz a sua parte, nunca dá age com os outros da maneira que deseja que ajam com ele. Isso, com o tempo, vai enfraquecendo as relações, podendo causar até o fim de um casamento;
  2. Falta de confiança – outro problema que acaba gerando o fim de muitos relacionamentos também é a falta de confiança que um tem no outro. O ciúme pode até ser bom de vez em quando, para dar uma apimentada na relação, até porque a maioria das pessoas entende a falta de ciúmes por desinteresse, mas o problema é quando isso é exagerado. Você nunca acredita no que o seu parceiro diz, mesmo sem ele dar motivos para desconfianças? Cuidado, isso pode minar seu relacionamento;
  3. Atitudes controladoras – aqui, podemos dizer que esse fato anda, quase sempre, lado a lado com a falta de confiança, porque se você acredita que o seu companheiro é capaz e pode decidir algumas coisas sozinho, você não precisa ficar dizendo o tempo todo o que ele deve ou não fazer. Mandar e desmandar na outra pessoa (que geralmente acata tudo quieta afim de evitar desentendimentos) também pode gerar o fim do seu relacionamento;
  4. Agir como se fosse a mãe – que homem gosta da mulher agindo como se fosse a mãe dele? Pois é, algumas mulheres ao engatarem uma relação mais séria acabam paparicando e se preocupando excessivamente com os companheiros, agindo como se fossem mães dos indivíduos. Atitudes superprotetoras também são o fim de muitos namoros e casamentos;
  5. Não desgrudar do parceiro – tudo que você goste muito da pessoa que está ao seu lado, mas às vezes é preciso que cada um tenha o seu espaço, os seus momentos, as suas coisas para fazer sozinho. A falta de espaço também coloca muitos relacionamentos a perigo, portanto, não deixe de cultivar as amizades, estar na companhia da sua família e até mesmo sair sozinha, preservar o seu armo próprio.

 

Por Íngrid de Castro

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário