Azia na gestação

azia_na_gravidez

Muitas mulheres sofrem com azia (ou refluxo) é um sintoma comum a partir do segundo trimestre da gestação. É tipicamente caracterizada por uma sensação desagradável de ardor no peito e garganta e aquela queimação no estomago, provocando tambem aquele sabor ácido na boca.

A azia na gestação geralmente ocorre pelas seguintes causas:

Devido ao espaço cada vez maior que o útero ocupa, o estômago e o intestino sofrem uma grande pressão e, consequentemente, a digestão torna-se mais lenta. Assim, a pressão sobre estômago e o consequente desenvolvimento de gases fazem com que a comida suba de novo para o esófago;

O aumento hormonal durante a gravidez provoca grandes alterações no organismo da mulher. Neste caso em particular, o aumento do nível da progesterona leva a um relaxamento generalizado dos órgãos, nomeadamente do esfíncter esofágico inferior – válvula situada entre o estômago e o esófago. Embora se encontre normalmente bem fechado, o relaxamento deste órgão vai permitir que conteúdo do estômago volte para o esófago, provocando a irritação característica.

Embora não podendo ser completamente eliminada, geralmente, a azia melhora se tiver os seguintes cuidados:

Coma de forma moderada e racional (entre 5 a 6 refeições por dia), evitando fritos e comidas muito condimentadas;

Após as refeições, masque uma pastilha elástica, pois estimula a produção de saliva, que ajuda a neutralizar os ácidos do estômago;

Evite bebidas com gás, álcool, café, chocolate, sumos de fruta ácidos, tomate, mostarda, vinagre;

Modere ao máximo o consumo ou exposição ao tabaco;

Não se deite após as refeições (deverá evitar comer 3 horas antes de ir para a cama, uma vez que os ácidos do estômago sobem mais facilmente quando está deitada);

Levante a cabeceira da cama, de forma a elevar o corpo e, desta forma, manter os ácidos no estômago, ajudando, assim, à digestão;

Controle o seu peso, com a supervisão do seu médico obstetra;

Use roupa larga e confortável, especialmente à volta da cintura e estômago.

Se não melhorar adoptando estas medidas, aconselhe-se com o seu médico sobre a medicação indicada para a azia e para o seu estado.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário