Bruxismo Tratamento

O bruxismo ou, “ranger os dentes” é um hábito que leva a pessoa a ranger os dentes de forma rítmica durante o sono ou, menos prejudicialmente, durante o dia. O problema pode acometer pessoas de todas as idades e geralmente está relacionada ao alto nível de estresse, ocorrendo em cerca de 15% da população mundial.

Um hábito que pode trazer sérias complicações dentais, até mesmo na parte estética, o bruxismo causa desgastes nos dentes e age como um dos fatores causais das dores de cabeça e distúrbios da articulação temporomandibular. Ranger os dentes à noite e apertá-los durante o dia formam um problema progressivo que o paciente não costuma notar e, muitas vezes, só é percebido se prestar atenção na própria tensão muscular ou se o rangido noturno é escutado por outros.

A frequência e o agravamento do quadro de bruxismo estão  associadas ao estresse emocional e físico. Quando noturno, o bruxismo envolve movimentos rítmicos semelhantes aos da mastigação, com longos períodos de contração dos músculos mandibulares, podendo ser a causa da dor muscular e da fadiga. Um alinhamento incorreto dos dentes e o fechamento inadequado da boca costumam estar presentes em grande parte dos casos. A doença pode atingir qualquer pessoa não tendo relação direta com a faixa etária; senso sua incidência maior nas mulheres.

O bruxismo pode ser classificado em:

– Cêntrico: Ato de apertar os dentes

– Excêntrico: Ato de apertar os dentes e movimentar a mandíbula lateralmente (rangido de dentes)

– Primário

– Secundário

O bruxismo geralmente ocorre durante o estágio 2 de sono, chamado não-REM. Seu tratamento é feito por dentistas, profissionais mais indicados para fazer o diagnóstico e o tratamento do bruxismo. Os fisioterapeutas também podem oferecer tratamento de suporte para dor muscular, causada pelo bruxismo e, além disso, os fonoaudiólogos também podem ajudar a detectá-lo.

No tratamento, O primeiro passo é reconhecer o problema e tentar achar suas causas no dia-a-dia. A terapia mais empregada atualmente para o alívio dos sinais e sintomas do bruxismo é a utilização de placas interoclusais. Essas placas reduzem a atividade dos músculos durante a noite e protegem os dentes dos desgastes provocados pelo hábito.

Outro passo importante é diminuir a tensão psicológica do portador de bruxismo. Isto pode ser realizado através da prática de esportes e exercícios de relaxamento e meditação. Hábitos como mascar chicletes, morder ou apertar objetos devem ser considerados como um vício concomitante do bruxismo e, portanto, eliminados durante o tratamento.

Por Malanny Serejo /Fonte: boasaude.uol/colgate

1 Comentário

  • Muito interessante. Eu tenho esse problema e agravou com o aparecimento da ATM (articulação tempora mandibular), é horrível, dói e atrapalha pra alimentar e até pra falar….Esse é o maior problema, já que falo pelos cotovelos. Valeu, adorei o post. bjkas

Deixe um comentário