Bulimia e anorexia – sintomas e tratamentos

200369802-001

A Bulimia é um transtorno alimentar que é a ingestão de grandes quantidades de alimentos, seguidos por métodos compensatórios, como vômitos auto-induzidos, uso de laxantes e/ou diuréticos e prática de exercícios extenuantes como forma de evitar o ganho de peso pelo medo exagerado de engordar.

Os sintomas são:

Uma ingestão compulsiva e exagerada de alimentos e com isso a pessoa faz vômitos auto-induzidos, uso de laxantes e diuréticos para evitar ganho de peso.

Alimentação excessiva, sem aumento proporcional do peso corporal.

Depressão.

Obsessão por exercícios físicos.

Comer em segredo ou escondido dos outros

As complicações médicas podem ser:

Inflamação na garganta (inflamação do tecido que reveste o esôfago pelos efeitos do vômito).

Face inchada e dolorida (inflamação nas glândulas salivares).

Cáries e lesão sobre o esmalte dentário. Desidratação

Desequilíbrio eletrolítico.

Vômitos com sangue.

Dores musculares e câimbras.

Lembre-se que pessoas com bulimia têm vergonha de seus sintomas, portanto, evitam comer em público e evitam lugares como praias e piscinas onde precisam mostrar o corpo. À medida que a doença se desenvolvolve, essas pessoas só se interessam por assuntos relacionados à comida, peso e forma corporal.

Tratamento adequado:

O tratamento da bulimia, é a psicoterapia individual ou em grupo, farmacoterapia e abordagem nutricional em nível ambulatorial.
As técnicas cognitivo-comportamentais.
As medicações antidepressivas.
A abordagem nutricional visa estabelecer um hábito alimentar mais saudável, eliminando o ciclo “compulsão alimentar/purgação/jejum”.
A orientação e/ou terapia familiar faz-se necessária uma vez que a família desempenha um papel muito importante na recuperação do paciente.
Para sua tranqüilidade observe sempre as pessoas que você desconfie de um quadro de bulimia para que a tempo se possa ajudar.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

2 Comentários

Deixe um comentário