Cirurgia de catarata – riscos e cuidados

cirurgia-de-catarata

Cirurgia de catarata

A catarata geralmente aparece em pessoas com mais de 60 anos que é um turvamento progressivo do cristalino, que interfere na absorção da luz que chega à retina. Com isto, perde-se na qualidade da visão.

Para os portadores é como se olhassem através de uma queda de água ou através de uma folha de papel, embaçado ou com a diminuição da visão.

Em casos o uso dos óculos, pode ajudar, mas com o agravamento da catarata, a visão vai diminuindo gradativamente. Não existem medicamentos que possam reverter o problema, a única solução é a remoção cirúrgica.

Cirurgia

Atualmente a cirurgia de catarata é realizada em ambulatórios e consultórios e pode demorar apenas alguns minutos. Logo após a intervenção os pacientes recebem alta, vão para casa, necessitando apenas de alguns cuidados essenciais e orientação médica.

A cirurgia de remoção da catarata é feita por meio da técnica chamada de facoelmulsificação ou cirurgia de catarata com pequena incisão, realizada em ambulatórios e consultórios e leva alguns minutos. Logo após a intervenção os pacientes recebem alta, vão para casa, tendo alguns cuidados essenciais e orientação médica.

A anestesia é tópica (local) na parte branca do olho (esclera) ou na córnea clara (logo acima da área onde a córnea encontra a esclera). A catarata é fracionada em partículas microscópicas usando o ultra-som e sendo aspirada pelo olho. Para compensar a remoção do cristalino, implanta-se uma lente intra-ocular.

Mas como para qualquer tipo de atendimento ao nosso corpo o conselho é sempre o mesmo procure um bom especialista em oftalmologia para obter todas as orientações, antes de qualquer decisão final.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário