Cirurgia Plástica de Mama

Ocupando o segundo lugar na lista de cirurgias plásticas mais realizadas no país, as cirurgias plásticas de mama são bastante procuradas pelo público feminino. Seja por motivos estéticos, na busca por seios mais simétricos, maiores e bonitos. Ou devido à recomendações médicas, para reduções de mamas muito grandes, reparações e procedimentos  reconstrutivos, necessários após doenças como câncer de mama.

A mamoplastia, que pode ser de aumento, redução, levantamento de seios, dentre outros. Com o auxílio dela, pode-se melhorar consideravelmente o formato e aparência das mamas. Mas, antes de partir para uma plástica de mama, converse bastante com vários médicos especialistas (para avaliar os prós e contras da cirurgia) e mulheres que já se submeteram ao procedimento.

Recomendadas á pacientes que possuem seios pequenos, após amamentação e perdas de muito peso – acarretando numa diminuição excessiva da mama -, a mamoplastia de aumento é feita através da colocação de próteses, que garantem maior harmonia dos seios. Através de seu aumento e também suspensão, se estiverem flácidos ou caídos.

Habitualmente realizadas por indicação médica, as mamoplastias redutoras podem corrigir desde mamas aumentadas; infecção cística das mamas; até dor nas costas, cabeça, ombros, pescoço e mamas causadas pelo peso das mamas grandes; estrias, etc. No procedimento de redução, é retirada uma pequena parte do tecido da mama, onde os mamilos podem ser deslocados para uma posição superior (por motivação de ordem estética). Realizada com anestesia geral, peridural, ou local com sedação, a cirurgia pode durar até 6 horas, e a paciente fica hospitalizada de 1 a 3 dias. O resultado esperado, é obtido entre 6 meses e 1 ano.

Nas mamoplastias de levantamento, primeiro é feita suspensão da mama, para em seguida, retirar o excesso de pele e tecido mamário existente. A cirurgia dura cerca de 2 horas, sendo realizada com anestesia geral. E a paciente fica internada por 24 horas.

A colocação das próteses (para todos os tipos de mamoplastia) podem ser feitas por: incisão embaixo da aréola mamária, incisão no centro da aréola, incluindo o mamilo, embaixo do sulco das mamas, ou pelo corte horizontal na região interior da zona de pêlo axilar. Usando os mais diversos tipos de próteses: de gel de silicone; de solução salina; com bolsa de tecido liso, rugoso ou texturizado; ou recobertas por uma camada de poliuretano.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário