Como Acabar com a Ressaca

Depois de uns muitos e “bons drink”, como diria a celebridade do momento, Luisa Marilac, em seu hilário vídeo no You Tube, vem, no dia seguinte, a sensação de que a sua cabeça vai explodir de tanta dor, além de muito enjoo, fadiga, sede, estômago embrulhado e demais desagradáveis sintomas que diagnosticam a popular Ressaca. Para evitá-la, todas sabemos como, não é? Moderação nas bebidas. Mas, se a festa foi boa, não teve jeito e você abusou um pouquinho a mais, vamos te ensinar, hoje, como combater a ressaca e não perder seu dia por causa dela. Confira!

– Sempre alimente-se antes de beber. Isso faz com que o álcool entre gradualmente na corrente sanguínea, demorando mais tempo para chegar no cérebro. Para prevenir a ressaca no dia seguinte, coma alimentos ricos em gordura antes de beber, pois se ingerido antes do álcool faz com que ele leve mais tempo para ser absorvido pelo organismo.

– Beba muita água antes, durante e depois de beber. Por ser diurético, o álcool aumenta a quantidade de urina produzida no organismo, levando a uma maior eliminação de água, por isso a água é um santo remédio, ela previne e cura a ressaca, metaboliza o álcool e facilita o trabalho do fígado e dos rins na hora de eliminar os resíduos tóxicos.

– Para não sobrecarregue o fígado, evite alimentos pesados. Opte pelos ricos em carboidratos e em proteínas magras para acompanhar sua bebida, estes facilitam a digestão do álcool. Também diminua a ingestão de alimentos salgados quando estiver bebendo, pois o sal aumenta a sede e faz você beber mais.

– Para aliviar os sintomas da ressaca, beba água de coco ou bebidas isotônicas, pois elas ajudam a repor água, açúcar e sais minerais, importantes para a recuperação do organismo.

– Na alimentação pós-ressaca, opte por alimentos ricos em potássio, como brócolis, couve, salsa, cenoura, acelga, melancia, espinafre, uva, pepino e alface. O potássio exerce efeitos anti-ressaca, dribla o efeito do sódio, mineral responsável pela sensação de boca seca e ainda evita a perda da vitamina B6. E dê preferência para alimentos de fácil digestão: Isso ajuda a amenizar os efeitos da ressaca, inclua no cardápio carboidratos como pão, macarrão, frutas, batata, sucos e vegetais, tais alimentos fornecem energia ao fígado para processar as toxinas e o excesso de álcool sem irritar a mucosa do estômago

– Passe longe do café. O café tem cafeína, que estimula ainda mais o seu sistema nervoso, piorando a sua dor de cabeça, e também tem propriedades diuréticas, que causam maior desidratação no organismo.

Por Malanny Serejo / Fonte: dasmariasblog

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário