Como Cuidar de Violetas

Flor originária da África do Norte, as Violetas são muito coloridas, e, embora não sejam consideradas como uma das flores mais perfumadas, são bastante apreciadas pela beleza original que apresentam. Existem diversas espécies de violeta, e algumas podem chegar a medir até 15 centímetros de altura. Apesar de lindas e aparentemente frágeis, as violetas são muito fáceis de cuidar, e não dispensam grandes atenções.

Apenas alguns simples cuidados, como:

– Usar Vaso de Barro: mesmo sendo normalmente comercializadas em vasos de plástico, o ideal é que as violetas sejam plantadas em vasos de barro. Esse tem a vantagem de absorver o excesso de água e permitir que as raízes da planta “respirem” adequadamente. Vale lembrar que as violetas são plantas muito sensíveis ao excesso de umidade, chegando muitas vezes a sofrer ataques de pulgões quando em ambientes muito úmidos.

– Mantenha Longe do Sol: As violetas são flores de vaso por excelência, tanto que não suportam luz solar direta e devem ser mantidas rigorosamente à meia-sombra. Embora sejam plantas que não gostem de muita luz, não devem permanecer em recintos fechados por muito tempo, pois suas folhas vão ficando amareladas e as raízes podem sofrer o ataque de fungos.

– Replante: se depois de alguns meses a violeta crescer ao ponto de preencher todo o vaso, ela precisa de uma muda.

Verifique se a flor precisa ser transferida de vaso, retirando um pouco de terra rente a borda do vaso. Se ao retirar uma fina camada da superfície, o interior do vaso estiver tomado pelas raízes da planta, está na hora da sua violeta ganhar um vaso maior. Para isso: retire a planta do vaso atual, tomando cuidado para “descolar” as raízes do vaso, em seguida,faça uma poda nas extremidades das raízes que estiveram em contato com o vaso.

Antes de replantar a violeta, espalhe alguns pedregulhos e pedacinhos de cerâmica no fundo do vaso, isso vai facilitar a drenagem da água. Opte também por usar terra vegetal com humús, ricas em nutrientes essenciais para essas plantas. Depois preencha metade do vaso com a mistura de terra e humús, insira a violeta, e complete o restante do vaso – com cuidado para não deixar os caules da violeta próximos à terra.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário