Como Fazer Headband

Sensação nas temporadas de verão passadas, as headbands, aquelas tirinhas – que podem ser usadas tanto no meio da testa ou mais acima, sobre os cabelos – voltam à ser tendência e promete deixar as garotas fashionistas ainda mais charmosas e estilosas; conferindo aquele toque boho chic ao look, que tanto combina com a estação mais quente do ano.

A inspiração retrô das headbands, surgiu na década de 70, sendo elas muito usadas pelas hippies da época.  Costume esse, que acabou virando moda e segue até os dias atuais; Além de ser um estilo que sempre é resgatado pelos estilistas nas passarelas e celebridades trend-setters, que volta e meia são clicadas usando as estilosas e atemporais headbands.

As headbands podem ser usadas em todos os tipos de cabelos, desde os compridos aos curtinhos; bem como para complementar penteados como coques baixos, tranças laterais, por exemplo, e ficam lindas se usadas mesmo com o cabelos solto, ao natural, deixando o visual ainda mais feminino e cheio de estilo.

Repaginadas, as headbands modernas aparecem em variados e até inusitados  modelos, sendo confeccionadas em diferentes materiais, a exemplo do couro, cetim, elástico, tecido e metal. Podem trazer também, detalhes trançados, brilhantes e metalizados de dourado ou prateado; ou virem trabalhadas em aplicações com flores, pérolas, strass, lantejoulas, pedrarias, contas, miçangas, dentre muitos outros elementos. O que ajuda a compor variados tipos de looks.

Dependendo do modelo da headband, dá para montar, além de looks boho, visuais mais sofisticados, românticos, rockers, sensuais, etc, tudo vai de acordo seu estilo pessoal. Para fazer você mesma sua headband, acompanhe o passo a passo abaixo:

Material:

– 15 cm de cordão

– 60 cm de cordão de São Francisco

– Fita de cetim (60cm de nº1 e 60 cm de nº 03)

– 2 argolas de 1,5 cm e 1 argola nº 03

– 1 pingente

– 1 conta de acrílico

– 1 alfinete com contrapino

– 10 cm de corrente

– 1 anzol: 10×10 cm de cetim

– 3 lantejoulas

– 3 miçangas: vela, cola quente, linha, agulha, tesoura e alicate

Como fazer:

– Junte as fitas de cetim e o cordão de São Francisco por dentro da argola e amarre com o cordão dourado;

– Corte as pontinhas que sobraram. Trance as fitas e o cordão deixando-os frouxos e volumosos. Repita a amarração;

– Abra a argola nº 03 e encaixe-a no anzol e em uma das argolas maiores. Feche.

– Coloque o pingente, a conta e a corrente no alfinete e feche-o com a ajuda do alicate. Prenda a corrente na outra argola da trança.

– Dobre o cetim em quatro partes e cortes no formato de uma pétala sem desprender a dobra. Repita o processo no voil.

–  Queime ao redor dos tecidos com vela ou isqueiro para evitar que desfiem.

– Sobreponha as flores intercalando as pétalas. Costure as lantejoulas e as miçangas unindo as duas flores.

– Posicione a flor onde você pretende usá-la. Pode ser na lateral da cabeça ou na nuca. Em, seguida, fixe-a com cola quente.

Por Malanny / Fonte: mdemulher.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

Deixe um comentário