Como superar o fim de um relacionamento

 

Dicas para superar o fim de um relacionamento

 

1 – Viva as emoções: antes de terminar o namoro, tenham uma boa conversa. Pensem tudo que se passou entre o casal, sem acusações, mas com argumentos que incentivarão a evolução de cada um.

 

2 – Fique sem ver o ex por um tempo: ver o ex com frequência, além de criar esperanças para ambos os lados, desenvolve um vínculo não agradável e situações, como o ciúmes, que serão corriqueiras e futuramente incontroláveis.

 

3 – Se puder, dê um tempo nas redes socais: para não ficar com ciúmes ou cair em tentação, determine um prazo longe das redes, por exemplo, um mês.

 

4 – Leia um livro: a leitura é uma ótima alternativa para se distrair, afinal, dá para esquecer o real e viver outra história e, até mesmo, compreender o que se passa na própria vida, baseada nas histórias lidas.

 

5 – Ligue para uma amiga: quando a saudade for forte e a vontade de ver o ex for maior ainda, ligue para uma amiga. Prefira aquela que acompanhou o relacionamento e que vai entender o que se passa no momento.

 

6 – Segure-se antes do próximo relacionamento: não troque uma paixão antiga, por uma nova paixão. Depois do fim de um namoro é normal ficar frágil e se apaixonar facilmente, mas tenha cuidado para não tentar substituir um pelo outro.

 

7 – Trabalhe a autoestima: mude o look, invista naquele esporte que sempre teve vontade, compre uma roupa nova. Mudar o visual sempre traz bom humor.

 

8 – Desacredite nas falsas esperanças: esqueça aquela ligação de madrugada, a mensagem no celular que o ex mandou só para saber se está tudo bem. Nada de ficar pedindo ajuda para ele, ou ligando quando bater a saudade.

 

9 – Faça uma reavaliação do namoro: reflita os momentos vividos a dois, veja quais foram os pontos mais delicados e como atuaria se fosse atualmente. É um exercício para evoluir seus atos e ver fora da situação o namoro como um todo.

 

10 – De quem é a culpa: tentar entender o que aconteceu só piora as coisas. Não adianta ficar tentando saber quem errou e esclarecer mais ainda o que já acabou.

 

Por Ingrid de Castro.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário