Depilação Íntima Feminina – Como Fazer

Atualizado em:

depilação intima feminina como fazer 1 Depilação Íntima Feminina   Como Fazer

Depilação íntima – como fazer e qual escolher?

Algumas pessoas simplesmente não suportam o fato de possuírem pêlos na superfície corporal, então acabam procurando opções possíveis para resolverem a situação. A depilação íntima é que mais sugere dúvidas, como sobre os pelos protegerem a região contra algumas bactérias e demais organismos infecciosos. Mas se você deseja eliminar todos os pelos da região, não há problemas desde que você mantenha cuidados com a depilação e com a higiene do local.

Um dos métodos mais utilizados na depilação caseira é a lâmina, no entanto ela oferece riscos, pois a região que depilamos proporciona pouca visibilidade. Assim, a probabilidade de você se cortar é bem grande, aumentando as chances de desenvolver uma infecção na região. Caso escolha esta opção, realize o processo enquanto estiver no banho, a água quente dilata os poros e ainda serve como um antiinflamatório.

Outra maneira bastante utilizada na depilação é a cera quente, há quem a utilize em casa, mas a grande maioria acaba fazendo o procedimento em estéticas ou salões de beleza. O processo pode ser um pouco doloroso, mas os pelos levam cerca de 20 dias para voltarem a crescer e, ao longo dos anos, a quantidade de fios vai diminuindo bastante. Uma questão deve ser levada em consideração: a cera não deve ser reaproveitada. Isso ocorre muito nessas clínicas onde a cera é usada e depois derretida novamente para depilar outra cliente. Assim há o risco de contrair alguma infecção ou bactéria.

Se você não quer sentir dor nem correr riscos, opte pelo creme depilatório. Na hora da compra confira se o produto é apropriado para área íntima e faça um teste no braço, assim você saberá se algum componente não lhe dará alergia.

 

 

Por Ingrid de Castro.

Revisado por: em .

Deixe uma pergunta ou sugestão abaixo!