Dicas de um bom funcionamento intestinal

iogugrand

Probiótico natural caseiro é ótimo para o funcionamento intestinal.

Encontramos nos supermercados bebidas e iogurtes com bacilos, lactobacilos, leveduras e outras bactérias benéficas para a flora intestinal. Mas esse tipo de alimento pode ser feito em casa com uma colônia de organismos vivos: o kefir.

Para obter o produto existem pessoas que doam uma parte da colônia cultivada por ela para que se comece outra. Uma busca pela internet mostra pessoas dispostas a doar parte de seu kefir (grãos gelatinosos que contém vários microorganismos).

Os grãos de kefir considerados uma bênção, são doados, nunca vendidos,
você pode encontrar os grãos do milagre no site australiano www.kefir.xpg.com.br Aonde se solicitam grãos aos doadores.

Modo de preparo
A bebida pode ser preparada em casa, adicionando os grãos de kefir no leite ou em água e armazenando-o em temperatura ambiente. Os lactobacilos e as leveduras se alimentam da lactose contida no leite, fermentando-o. “Esse líquido fermenta por cerca de 24 horas numa temperatura de 18°C a 30°C. Depois deste período de fermentação, ele é coado para separar os grãos de kefir, que podem ser adicionados em seguida em outro leite e assim, sucessivamente, por tempo indeterminado”, explica a nutricionista. O kefir pode ser consumido in natura ou incrementado com outros alimentos, como frutas, cereais e mel.

Benefícios

Incrementa o valor biológico das proteínas do leite

Sintetiza o ácido lático, o que diminui a intolerância à lactose e favorece a digestão do leite mesmo para pessoas que sejam sensíveis ao leite de vaca

Sintetiza vitaminas do complexo B

Aumenta a resistência às infecções

Ativa o sistema imunológico

Restabelece e equilibra a flora intestinal

Regula a flora intestinal – indicado tanto em casos de constipação quanto diarréia

Diminui o risco de câncer, principalmente de cólon

Diminui a fração ruim do colesterol (LDL)

Inibe as alergias cutâneas

Cuidados no armazenamento

Armazene os grãos de kefir em recipientes de vidro, plástico ou aço inox. Evite qualquer outro material

Lave o recipiente onde os grãos são armazenados com água fervida. Evite cloro, pois destrói o kefir

Não use os grãos se estiverem com coloração estranha (eles devem ser brancos) ou cheiro duvidoso. Nesse caso, o kefir deve ser descartado

Com o cultivo, as bactérias se multiplicam. É comum a quantidade de grãos ultrapassar as projeções. O ideal, então, é doar parte a outras pessoas. Afinal, foi desse modo que o kefir se espalhou pelo mundo.

1 Comentário

  • gostaria de saber ,se pessoas que tem diabetes podem fazer uso quando preparado com agua e açucar mascavo.e qual a quantidade e dose aconselhavel para o bom funcionamento intestinal.

Deixe um comentário