Dicas Para Baixar o Colesterol

Com o passar dos anos, e principalmente devido a descuidos com a alimentação, sedentarismo e estresse, acabam se revertendo em níveis elevados de colesterol ruim, o que pode levar a várias complicações do coração e artérias, como enfarte, aterosclerose (endurecimento das artérias) e acidente vascular cerebral, mais conhecido como derrame. Se manter longe desses males exige mudanças e cuidados diários com a saúde e estilo de vida.

Conheça, abaixo, algumas dicas de como baixar o colesterol e manter-se saudável hoje e no futuro.

– Alimente-se de maneira adequada. Mais simples do que parece, uma boa dieta é o suficiente para baixar colesterol alto, sendo assim o fator número um que para determinar e descobrir se os seus níveis elevados de colesterol são hereditários ou apenas uma questão das escolhas de alimentos que se faz.

– Pratique exercícios. Através deles, você melhora sua saúde cardiovascular, um dos pilares para inverter os efeitos de níveis elevados de colesterol. É certo que apenas se exercitar não diminui os níveis de colesterol, mas irá fortalecer o coração e sistema circulatório como um todo.

 

– Pare de fumar. O ato de fumar causa, a acumulação da placa nas artérias. Quando a placa bloqueia o fluxo de sangue ao coração, o músculo tem que trabalhar muito para obter oxigênio. Isto pode levar a um ataque cardíaco. Se as artérias ficarem completamente obstruídas com placas de colesterol alto, pode ocorrer um acidente vascular cerebral.

– Diminua o estresse. Estresse crônico pode afetar os níveis de colesterol. Apesar de estar fazendo uma dieta com baixo nível de colesterol e praticando exercícios físicos, se manter estressada faz com que você não perceba os benefícios, por isso, aprenda a relaxar, saindo com os amigos, cultivando um hobby, aprendendo novas atividades que le proporcionam prazer.

– Evite gorduras saturadas. Para evitar a subida dos níveis de colesterol, reduza o consumo de gorduras saturadas, contidas em frituras, produtos de origem animal, lácteos, carnes vermelhas gordas, embutidos e cremes. Por outro lado, mantenha uma alimentação rica em fibras que se podem encontrar na aveia, trigo, cereais, legumes, hortaliças e frutas. Aumente também a ingestão de azeite vegetal de soja, girassol, azeitona, uva, leite de soja e peixe cru, bem como salmão, arenque, frutos do mar, atum e cavala. Que devem ser ingeridos três ou quatro vezes por semana.

 

Por Malanny Serejo /foto: divulgação

 

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário