Dicas Para Perder a Timidez

Grande estado de desconforto diante de situações sociais corriqueiras, a timidez, se não controlada, pode atrapalhar muito a vida de uma pessoa; tanto na conquista de seus objetivos profissionais e pessoais, quanto nas relações amorosas. Contudo, na vida, todos pelo menos em algum momento, já foram afetados pela timidez; seja na hora de falar em público, para uma platéia nunca antes vista, na época da escola ou faculdade.

A timidez é classificada em dois tipos: a situacional, que, mais fácil de ser vencida, se manifesta em ocasiões especifícas e não acarreta em graves prejuízos na vida social do indivíduo. É uma timidez localizada, que acontece em determinada situação. Por exemplo, a pessoa não tem dificuldades em paquerar, mas entra em pânico só de se imaginar falando em público.

O segundo tipo é a timidez crônica. Nesta, sim, o tímido apresenta dificuldades em praticamente todas as áreas do seu convívio social. Não consegue se comunicar com estranhos, iniciar conversas, tomar iniciativas amorosas, profissionais etc. Se não tratada, esse estágio da timidez pode se tornar patológico, denominado fobia social, onde a pessoa passa a desenvolver síndrome de perseguição e começa a se isolar e evita se expor a situações comuns do dia a dia, mas que exigem exposição social, como frequentar restaurantes, teatros, shows, praia, piscina, dentre outros.

Os casos mais graves de timidez, na maioria dos casos, apenas encontram solução na psicoterapia. Entretanto, para os casos leves existem dicas que podem ajudar a manter a calma e enfrentar os sintomas. Conheça algumas e aprenda como perder a timidez e assim aproveitar melhor a vida:

– Saia da zona de conforto: ao invés de apenas responder às perguntas que te fazem e logo calar-se em seguida, passe a dar continuidade à conversa. Pense em algo que tenha a ver com o assunto e situação e lance uma pergunta. Assim, vai conseguir manter a conversa por mais tempo. Procure observar bem o ambiente ao seu redor e puxar um assunto que tenha a ver com o momento.

– Procure ler bastante e estar bem informado sobre os assuntos da atualidade; vale qualquer leitura de seu interesse, o importante é ter assunto, que além de ajudar no seu crescimento intelectual, te fará ter mais desenvoltura para puxar papo numa roda de conversa.

– Aprenda a tomar iniciativa. Começe pouco a pouco, ao conversar com alguém, resista ao desconforto e esforçe-se para olhar diretamente nos olhos de quem fala com você, que além de ser sinal de respeito, mostra que está realmente interessado na conversa. Outra dica é tomar a iniciativa em um bate papo, assim, fica mais fácil encarar a pessoa sem medo de não ser julgado.

– Acredite em você e se imponha! Sem força de vontade, não vamos a lugar algum. Acredite sempre no seu potencial que as mudanças ocorrerão naturalmente. E não tenha vergonha de exigir seus direitos, por medo de dar vexame quando, por exemplo, te derem na loja alguma peça com defeito ou a caixa do supermercado passar o preço errado. Quando isso acontecer, não precisa sentir receio de reclamar, apenas se imponha de maneira educada mas firme.

 

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

3 Comentários

  • Olha é so você parar de pensar no que os outros vão achar de você, que se dane o que eles pensam o que importa é o que você quer, tem ate um trecho de uma musica do scracho “o que for pra ser será, deixa solto so pra ver onde tudo isso vai dar” e uma historia que a professora vive contando “tinham 3 sapos num balde no circo, o sapo 1 ficou pulando, todos gritavam: não vai conseguir! o sapo 1 desistiu, o sapo 2 ficou pulando, todos gritaram: não vai conseguir! O sapo 2 desistiu. O sapo 3 ficou pulando e todos gritaram: não vai conseguir! O sapo 3 não desistiu, conseguiu sair, acontece que o sapo 3 era surdo…
    Moral da historia: não dê ouvidos aos outros, faça o que você quer fazer, que tudo será melhor.”
    Então é isso… BOA SORTE!!!!!

  • sou timida,tem dias que converso com todus outro dia tenho vergonha de sair na rua so parese que todos estào me olhado sou capas de viajar de uma sidade para outra ao lado de alguem sem dar uma palavra ,ler e falar em publico nem pensar ate minha vos treme ,sofro mais ainda por ter vergonha de condusir um veiculo ,sei dirigir ,não tenho coragem de dirigir antes eu disia que era por causo do medo de asidente hoje nao tenho medo ,meu medo e de gente me ver dirigir e eu falhar ,fico muito adimirada quando veijo mulheres dirigindo, f fico desejo de dirigir tambem mais nao tenho iniciativa temos carro ,so dirigi quando meu esposo estava operadado ,ja tomei floral mais nao adiantou unica coisa que me falta para completar minha felicidada e coragem de falar em publico e dirigir isso me falta para minha liberdade me ajude obrigada

Deixe um comentário