Edema Pulmonar Sintomas

O Edema Pulmonar trata-se do acúmulo anormal de líquido nos tecidos dos pulmões, sendo classificado como uma das complicações emergênciais médicas mais recorrentes; significando, em muitos casos, uma situação extremamente ameaçadora da vida quando ocorre de maneira abrupta, podendo ter ou não ter origem numa doença cardíaca.

O edema pulmonar geralmente é uma situação médica resultante de alguma doença aguda ou crônica ou de outras situações especiais como problemas do coração, cardiomiopatia (doença do músculo do coração ), infarto agudo do miocárdio ou problemas nas válvulas do coração, que determinam uma fraqueza no bombeamento do sangue pelo coração, estão entre as principais causas do edema pulmonar.

As reações alérgicas por uso de medicações, o uso de narcóticos para dor, abuso de drogas, e a radioterapia para tumores do tórax, podem também ocasionar o edema pulmonar. Bem como, quando uma pessoa muda rapidamente de um local de baixa altitude para um de alta altitude.

Os sintomas que caracterizam o Edema Pulmonar costumam ser:

– Encurtamento da respiração (falta de ar), que normalmente piora com as atividades;

– Falta de ar quando a pessoa se deita com a cabeceira baixa
Tosse, que pode ou não ter expectoração sanguinolenta e/ou espumosa;

– Batimentos rápidos do coração, conhecidos como taquicardia
Aumento da pressão arterial;

– Opressão (aperto) no tórax;

– Chiado no peito;

– Cianose (coloração azulada da pele quando há muita falta de ar);

– Ansiedade.

Por Malanny Serejo / Fonte: fisioterapia  na pneumologia

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário