GNT estreia sua primeira grande série de ficção – ‘Sessão de Terapia’

 

Sessão De Terapia (Série De Ficção) GNT

 

Um terapeuta experiente, cinco pacientes e inúmeros conflitos pessoais compõem o enredo de Sessão de Terapia – versão brasileira da série israelense BeTipul que estreia dia 1º de outubro, às 22h30, no GNT. Uma trama envolvente, que leva o telespectador a efetivamente entrar no conflito dos personagens, e um formato de exibição único são marcas da série, transformada em sucesso mundial. No GNT, ela ganha direção de Selton Mello, produção da Moonshot Pictures e grande elenco. Sessão de Terapia marca a estreia do canal em uma grande produção de ficção. “Este projeto abre o caminho da ficção no GNT. Estamos apostando muito nesta série que em tão pouco tempo teve grande repercussão no cenário mundial”, diz Daniela Mignani, diretora do canal.

A ideia de adaptar BeTipul para o Brasil foi do produtor Roberto d´Avila: “Sou grande fã da série. O interesse em produzi-la aqui no Brasil surgiu por ficar impressionado com a qualidade do texto. Por isso, decidi buscar os direitos”. Para ele, o sucesso de crítica em vários países se deve ao texto preciso. “Se a série não fosse bem escrita, seria chata. O público precisa acreditar naqueles personagens. Esse é o valor da série”, acrescenta.

O elenco traz talentos consagrados na televisão, teatro e cinema brasileiros e também apostas. O time principal é formado por Zécarlos Machado (Theo), Maria Fernanda Cândido (Júlia), Sérgio Guizé (Breno), Bianca Müller (Nina), André Frateschi (João), Mariana Lima (Ana), Selma Egrei (Dora) e Maria Luisa Mendonça (Clarice). “Foi uma felicidade enorme poder trabalhar com um elenco tão talentoso.”, diz Selton Mello, diretor da série.

Personagem central da trama, Dr. Theo Cecatto é um psicólogo de 55 anos que há mais de 20 trata de pacientes utilizando o método relacional (ou psicologia intersubjetiva). A cada dia da semana, de segunda a quinta-feira, ele recebe seus pacientes: uma anestesista apaixonada, um atirador em conflito, uma adolescente machucada e um casal em crise. Na sexta, é a vez do terapeuta procurar a terapia.

As histórias são recheadas de dramas e emoções e prometem provocar o público a acompanhar a evolução de cada paciente semanalmente. Alguns personagens tiveram seus perfis adaptados da versão original para se aproximar mais da cultura brasileira. “Os temas são as realidades vividas em qualquer grande cidade, apenas com as adaptações culturais. Mas os conflitos são bem parecidos”, explica Roberto d´Avila.

A série terá 45 episódios e será exibida de segunda a sexta, às 22h30, no GNT.

 

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário