Hábitos alimentares que mexem com o ânimo

Hoje em dia é muito comum ouvirmos das pessoas o quanto elas andam desmotivadas e sem ânimo para realizar as atividades mais simples, quem dirá fazer algum esporte ou outro exercício físico, como corrida, natação, entre outros. O que muita gente não sabe é que a alimentação desempenha um papel importantíssimo na sua energia. Fazendo as escolhas erradas para o seu prato, uma das consequências é a falta de ânimo.

4 hábitos alimentares que afetam o seu ânimo 1

Veja quais hábitos deixar de lado para reverter a situação:

Os carboidratos são sempre identificados como os melhores alimentos para ganhar energia, mas para que eles tenham um efeito positivo é preciso praticar atividades físicas intensas, caso contrário eles se transformam e um fonte de calorias, que vão apenas ir se acumulando no seu corpo.

Além de darem energia, os alimentos à base de carboidrato também estão na lista daquelas comidas que causam sensação de bem-estar, tudo isso graças à estimulação da produção de serotonina. A solução para isso é trocar os carboidratos comuns por integrais. Os grãos integrais são digeridos mais lentamente que os refinados, mantendo assim o organismo ativo por mais tempo, assim como a fome controlada por mais horas.

Outro hábito que devemos controlar é o consumo de doces. Durante o inverno, especialmente, os momentos de sol durante o dia são mais raros e isso acaba desencadeando uma grande preguiça, fazendo com que sintamos muito mais sono que o normal. Aí surge o desejo pelo consumo de açúcar. Quando consumimos doces, temos aquele prazer momentâneo, mas logo em seguida vem a culpa e/ou depressão A solução é buscar energia em alimentos à base de cafeína, sem excessos. As frutas também podem ajudar com a vontade de consumir doces.

Os alimentos gordurosos também são vilões nas dietas, mas mesmo assim muitas pessoas não abrem mão deles na hora em quem sentem que precisam de um conforto. Nos sentimos satisfeitos ao ingerir uma coisa que achamos gostosa, mas o resultado é um ciclo vicioso. A dica é fazer a troca dos alimentos gordurosos que fazem mal pelos que possuem gorduras do bem. O abacate, por exemplo, é ótimo e pode ser consumido pelo menos uma vez por semana.

Por fim, a última dica é sobre a preparação dos alimentos. Muitas pessoas não sabem que o ácido fólico melhora o nosso humor e que ele é reduzido nos alimentos com o calor. Ele pode ser encontrado no brócolis, na beterraba e na couve, entre outros, por isso, tente consumir esses alimentos crus ou levemente cozidos, no vapor de preferência.

 

Por Íngrid de Castro

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário