Inimigos da Dieta – Saiba como Evitá-los

Perder peso envolve uma mudança radical no estilo de vida e, consequentemente, na alimentação. Mas, para a missão ser satisfatória e terminar com sua vitória sobre a balança e conseguir, enfim, entrar naquele seus jeans 38 dos sonhos é preciso boas doses de força de vontade e persistência, para se manter longe dos chamados “inimigos da dieta”. Aqueles alimentos tentadores, deliciosos mas, infelizmente, super calóricos, que sabotam qualquer projeto de emagrecimento.

Para quem está de dieta, então, esses alimentos – leiam-se doces, massas, frituras etc -, se tornam, quase que magicamente, muito mais atrativos e apetitosos. Mas, calma lá, nem tudo está perdido e você pode, sim, resistir a tentação. Conheça, abaixo, dicas de como manter-se firme diante desses sabotadores e manter sua dieta a salvo!

– Ao passar um final de semana fora, sair de férias ou viajar, procure reajustar o plano alimentar. Horários, opções e estratégias devem ser pensadas com antecedência. Se não resistir aos alimentos ricos em calorias, coma sempre em pequenas quantidades.

– Só porque você está de dieta, não quer dizer que o mundo vai ter que se adequar também a sua nova alimentação. Por isso amigos, namorado, marido, filhos e afins que não se importam com sua alimentação e comem o que vêem pela frente tendem a induzir os outros ao mesmo erro. Mesmo pessoas que não precisam perder peso devem ter moderação e saber escolher opções saudáveis visando sua saúde atual e futura. Se não conseguir convencer estas pessoas a se alimentarem melhor, você deve ao menos pedir respeito e colaboração com a sua dieta, explicando suas razões.

– Para evitar a compulsão, que te faz, vez ou outra, cair de boca nos alimentos inimigos da dieta, mantenha a  monotonia bem longe da sua alimentação. É preciso variar para que uma dieta seja duradoura. Ninguém consegue ficar muito tempo comendo sempre arroz, salada e frango. Quando variamos as frutas, os legumes e as verduras, temos menos vontade de comer alimentos que não deveriam entrar na dieta. Procure receitas novas no nosso site.

– Mantenha suas emoções sob controle. Evite comer por tristeza, nervosismo ou depressão. É preciso ser mais racionais e desvincular a comida dos sentimentos. Comer de maneira demasiada não vai curar nenhuma dor ou aflição. Aliás, só nos trará um novo problema: o aumento do peso. É melhor resolver os seus problemas de outra maneira. Se precisar, procure ajuda profissional de um psicólogo.

– Tenha foco e paciência. É verdade que em alguma fase da dieta, muitas vezes porque os resultados estão demorando a aparecer, a falta de motivação costuma aparecer. Mas quando der vontade de abandonar a dieta, entenda que o processo, para um emagrecimento duradouro, deve ser feito gradualmente. Por isso, é preciso sempre relembrar quais são suas metas e como você irá alcançá-las para não perder o foco. Pense que sua alimentação está diretamente ligada a sua saúde além do seu visual estético.

– Não coma rápido. Atualmente, por causa da correria do dia a dia, as pessoas acabam não se dando ao direito de realmente parar fazer suas refeições direito, dando preferência à lanches rápidos, a exemplo de cachorros quentes, pizzas, hambúrgueres e demais fast foods cheios de calorias e com pouquíssimo valor nutricional. Assim, não dão tempo ao cérebro de indicar saciedade, além da falta de mastigação impedir o aproveitamento total dos nutrientes e prejudicar a digestão.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário