Máscara de Argila para Limpeza de Pele

Com suas propriedades estéticas reconhecidas há milhares de anos, a utilização da argila data desde os antigos egípcios, que a usavam a substância como um dos componentes no embalsamamento das múmias e para a preservação de alimentos de origem animal.

Fonte de minerais, rica em ferro, sódio, potássio e silício, a argila está a ganhar importância nos tratamentos estéticos. O silício, por exemplo, estimula a microcirculação da pele, auxiliando no processo de eliminação das toxinas, além de devolver brilho e elasticidade.

A argila também é considerada um bom hidratante. Usada sob a forma de máscara, deixa a pele lisa e aumenta a retenção de água. Aplicada nos cabelos, absorve as impurezas e revigora os tecidos, agindo como um renovador do couro cabeludo.

Conheça, abaixo, uma receita de máscara de argila purificante para o corpo

Ingredientes:

1/2 Chávena (chá) de argila marinha em pó
Uma chávena (chá) de iogurte em pó
Duas Colheres (sopa) de mel
Uma colher (sopa) de óleo de primaveras
1/2 Colher (sopa) de vitamina É
25 Gotas de óleo essencial de lavanda
25 Gotas de óleo essencial de Sálvia

Modo de fazer:

– Misture o iogurte, o mel, as primaveras, a vitamina É e os óleos essenciais num recipiente até que fiquem bem homogêneos.

– Adicione a argila marinha aos poucos até atingir a consistência desejada.

– Aplique a máscara com as mãos ou com a ajuda de um pincel, cobrindo o corpo todo – da cabeça aos pés. Deixe agir de 15 a 20 minutos, até a máscara secar.

– Enxágue bem, primeiro com água morna e depois com água fria.

Muito reconhecida por seus efeitos terapêuticos, a argila é ainda anti-séptica, cicatrizante e bactericida, auxiliando na regeneração de tecidos lesados. A sua aplicação diária trata a acne, furúnculos, alergias, psoríase e herpes. Na forma de emplastro, aplicada à temperatura ambiente, também trata lesões recentes e entorses, devido à sua ação anti-inflamatória.

 

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário