Mitos e verdades sobre drenagem linfatica

Conheça mitos de verdades sobre a drenagem linfática

A drenagem linfática é um dos tratamentos estéticos mais conhecidos e requisitados pelas mulheres que desejam perder medidas e modelar o corpo. Ouve-se muitos comentários a respeito desta técnica, mas quem nunca testou-a fica em dúvida quanto ao que é verdade e o que é um mito. Os resultados surgem, mas será que eles são mesmo como dizem ser? Conheça alguns mitos e verdades sobre a drenagem linfática:

1. Drenagem linfática emagrece?

Mito – A técnica da drenagem, como o próprio nome já diz, serve apenas para reduzir o volume causado pela retenção de líquidos. Ela não faz perder peso.

2. A técnica possui efeito relaxante?

Verdade – Quem passa por uma sessão de drenagem linfática costuma ficar bem descansada, relaxada. Tudo isto se deve aos movimentos lentos e delicados pelo corpo, que causam uma sensação de tranquilidade.

3. É indicada em pós-operatório?

Verdade – Assim que o médico responsável liberar as sessões já podem ser iniciadas. A drenagem é aconselhável, pois ajuda na diminuição do inchaço, bastante comum após algumas cirurgias.

4. Com a drenagem é possível acabar com qualquer tipo de dor nas pernas?

Mito – A drenagem linfática não é capaz de eliminar todo tipo de dor nas pernas, nem em outro lugar do corpo. Esta dor pode até ser aliviada caso a sua origem e causa seja a retenção de líquidos. A partir do momento em que os líquidos diminuírem, o peso nas pernas também, consequentemente,  as dores diminuirão.

5. Com a drenagem dá para eliminar celulites?

Mito – As celulites não podem ser eliminadas apenas com a realização de drenagem linfática. A drenagem pode enfatizar os efeitos de outros tratamentos que estejam sendo realizados para esta finalidade, isto é, acentua os resultados na luta contra a celulite, mas sozinha a drenagem não é capaz de eliminá-la.

 

 

Por Ingrid de Castro.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

Deixe um comentário