O creme ideal para cada tipo de pele

tipo-de-pele

O creme ideal para cada tipo de pele

As regras são básicas para ter resultados com seu cosmético: usar todos os dias, aplicar corretamente, escolher o ideal para seu tipo de pele.
Muitas vezes as pessoas compram os produtos e não se dão ao trabalho de ler as instruções de como aplicar e acabam condenando o cosmético o que todas nós queremos é minimizar rugas, flacidez, oleosidade, ressecamento, manchas ou sensibilidade. Por isso procure o coméstico ideal para seu tipo de pele e leia como utilizar que é o fator mais importante.

Pele seca
Fina, opaca, vulnerável ao repuxamento e ao terrível efeito craquelê, ela necessita de hidratação profunda, potente e contínua. Além de formulações com vitamina E, Aquaporines, Complexo de coenzima Q10, opte por produtos com ácido hialurônico, ceramidas, PCA-Na e extratos naturais (café, rosmaninho, chá verde).

Peles oleosa e mista
Firmes, excessivamente brilhantes, com tendência a espinhas e acne, são tipos de pele comuns entre as brasileiras. Procure produtos com complexos matificantes, zinco, cristais líquidos, demetilsilanodio (derivado do ácido salicílico), mattispheras e ácido salicílico.

Pele sensível
Esse tipo de pele que pode ser seca ou oleosa se caracteriza por sua constante vermelhidão, sensação de ardor e repuxamento. Além do mix de óleos essenciais, água termal e o complexo ERC 5 (com agentes hidratantes e ação anti-irritante), vale apostar em Feverfew (extrato vegetal que acalma a pele), palmidrol (ácido graxo) e alfa-bisabolol (ação anti-irritante e aloe vera (acalma e cicatriza).

Pele flácida
A pele parece murcha – já que as GAGs (glicosaminoglicanas), componentes responsáveis pelo volume da face, estão com a produção em queda. Invista em cremes com PCA-Na, Extrato Natto, Pro-Xylane, soja, proteínas do trigo e extratos botânicos naturais.

Pele com rugas
As rugas denunciam que a produção de colágeno já está em franca redução; a pele perde a sustentação e surgem os vincos. Aposte em cosméticos que contenham Coffeberry, ácido hiaulurônico, pró-retinol A, silício orgânico, retinóides e Madecassoside.

Pele manchada
Escolha produtos com agentes clareadores seguros, ou seja, que impeçam a concentração do pigmento que origina as manchas escuras sem, no entanto, remover a coloração natural da pele. Aposte em extratos botânicos, vitamina C, ácidos glicólico, láctico, kójico e salicílico e LHA. Peles muito morenas devem evitar a hidroquinona, pois pode ocorrer o efeito oposto ao desejado – a pele perde a cor e fica com vários pontos brancos.

Deixe um comentário