O doce do perfume de Mariah Carey

mariah_carey-perfume

Perfume M by Mariah Carey é como algodão doce quente

A vida de Mariah Carey parece um conto de fadas . Tommy Mottola, presidente da Columbia Records, descobriu Carey em 1988, e seu álbum de estréia gerou cinco singles que ficaram em primeiro lugar nas paradas. Depois veio, segundo dizem, seu sufocante casamento com Mottola, que terminou em divórcio e na sua saída da Columbia, em 2001. Carey foi desligada de sua gravadora seguinte, batalhou por negócios que não lhe trouxeram retorno financeiro e sofreu um colapso, físico e emocional. Seu projeto para o cinema fracassou. Então, em 2005, ela lançou “Emancipation” e voltou ao topo.

Ainda bem que nem todos nós temos os mesmos gostos mas para aqueles que são fãs de Mariah chegou ao mercado tudo que gostaríamos de ter perto de nós o seu cheiro doce como suas músicas que muitas das vezes fazem você viajar ao tempo e se encontrar com o passado e chorar.

Os perfumistas que ficaram com a responsabilidade de passar ao perfume tudo que ela representa, entregaram para Arden uma arma engarrafada apontada, com uma precisão comercial mortal, para o coração dos conhecedores de Mariah Carey.

Stephen Holden escreveu uma vez no New York Times que as melhores músicas de Mariah “levam a produção de pop melado para um patamar mais alto de refinamento texturizado”. Se Carey não fizer seu gênero, você simplesmente nunca vai pegar seu frasco na prateleira; se fizer, este perfume será realmente uma doce, doce fantasia

Assista o vídeo da apresentação do perfume M de Mariah Carey

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário