Óleos Essencais Como Usar

Como usar óleos medicinais

Os óleos essenciais de plantas são utilizados de forma medicinal há muito tempo. São os poderes naturais em benefício do ser humano. Eles podem ser utilizados de várias formas, mas os principais usos são a inalação, absorção através da pele e ingestão.

Através da inalação da essência, uma parte do aroma inalado vai para os pulmões via traquéia, penetra nos brônquios, bronquíolos e alvéolos e passa para a corrente sangüínea nas trocas gasosas. Já a outra parte do aroma vai ate o cérebro e estimula determinadas áreas do sistema límbico e do hipotálamo, que controlam a maioria das funções vegetativas e endócrinas do corpo. Há dois tipos: a inalação direta e a indireta.

A inalação direta é utilizada no tratamento de problemas específicos do aparelho respiratório, como asma, bronquite, sinusite, etc. Neste caso, pode-se empregar de seis a 15 gotas de óleo em um vaporizador de ambientes a quente ou de uma duas gotas em um lenço. Já a inalação indireta visa trabalhar o emocional (o psicológico) através dos aromas. Aqui se costuma utilizar de seis a 15 gotas em um difusor de aromas de vela/lâmpada ou elétrico.

Outra maneira de usar os óleos é através da pele, fazendo massagens corporais com os óleos. A massagem por si já tem efeitos terapêuticos, adicionado o óleo isso é acentuado. Cada óleo possui uma função medicinal diferente, de acordo com sua necessidade escolha a essência.

A ingestão dos óleos é a maneira mais rápida de sentir os efeitos, mas também é a mais perigosa, pois oferece risco de intoxicação. É preciso que um especialista oriente essa ingestão.

 

Por Ingrid de Castro.

Deixe um comentário