Os Benefícios da Uva

Muito apreciada pelos brasileiros, a Uva é originária do árido Cáucaso, na Ásia, sendo considerada como uma das frutas mais antigas utilizadas na alimentação humana e a sua produção se espalha por todo o mundo. Sua origem vem de 6.000 AC.
No Brasil o cultivo da videira começou em 1535, na Capitania de São Vicente trazida pelos portugueses.A imigração italiana em São Paulo e na Região Sul do Brasil no final do século XIX deu um grande impulso à cultura da fruta. De cultivo simples, a uva pode ser consumida pode saborear uva o ano todo.

Existem diversas espécies de uva, porém as mais conhecidas no Brasil são: uva itália, niagara, branca e rosada.
É uma fruta rica em sais minerais, tais como: cálcio, ferro, fósforo, magnésio, sódio e potássio. Possui também, em quantidade razoável, vitaminas (complexo B e vitamina C).

Excelente para quem está de dieta, a uva não concentra grandes quantidades de calorias, Não é muito calórica, pois 100 gramas de uva possui, aproximadamente, 50 calorias. O sabor da uva pode variar muito de acordo com o tipo de solo em que for cultivado, podendo ser doce, cítrico ou ácido.

A uva contém ácidos orgânicos, substâncias nitrogenadas, compostos fenóticos, pectina, vitaminas e sais minerais, entre eles sais de potássio em abundância (pessoas com câncer têm deficiência desses sais). Rica em ferro, que é facilmente assimilado, contém ainda minerais como cálcio, manganês, cobre, fósforo, zinco, sódio e o lítio, que auxilia no tratamento da depressão. Também possui as vitaminas A, B1 (tiamina), B2 (riboflavina) B3 (niacina), B5 (ácido pantotênico), B6 (piridoxina), B9 (ácido fólico) e C (ácido ascórbico), além de aminoácidos como o ácido glutâmico, alanina, arginina e L-Glutamina.

Dentre os principais benefícios da uva, se destacam:

– É o maior solvente natural de depósitos químicos e o mais energético eliminador, dissolvendo tumores, neoplasmas anormais, úlceras, abcessos, massas fibrosas, tecidos mórbidos, degenerações gordurosas e toda forma de matéria enferma, levando aos órgãos de excreção.

– Cura todos os males do aparelho digestivo inclusive o fígado (a folha da parreira também estimula as funções hepáticas), inclusive regenerando suas células, como também as células dos rins, graças à abundância de sais e ácidos naturais que contem. Favorece a mudança da flora bacteriana; com isso impede a formação de tóxicos como o indol, o escatol e o fenol. Combate a dispepsia, as flatulências, a atonia intestinal e fermentações.

– Combate apendicite, escorbuto e diabetes.

– Diminui o desejo de tomar bebidas alcoólicas e outras drogas, porque ativa os meio de secreção.

– Restaura e revigora as forças esgotadas de vítimas de doenças crônicas.

– Depurativo do sangue graças às suas soluções aquosas de sais de potássio, que eliminam dos organismos as substâncias inúteis, como o ácido úrico, melhorando reumatismo, artrite, etc.

 

Por Malanny Serejo / foto : divulgação

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário