Previsões Para 2011

Segundo os astros, 2011 será regido por mercúrio, o planeta da comunicação e do intelecto. O que significa que os laços de amizade estarão mais estreitos, bem como as atividades profissionais que envolvam a fala. A área da tecnologia também receberá benefícios, pois com o rápido mercúrio a frente, o desenvolvimento de meios que estimulem a agilidade mental e rapidez de ações e movimentos estará favorecida.

– E no amor? Quer saber as previsões amorosas do seu signo? Saiba agora o que 2011 reserva para cada um deles nessa área.

ÁRIES –
Os arianos solteiros vão ter que decidir entre as relações livres, estimuladas pelo espírito libertário de Urano na primeira casa, e os compromissos cobrados por Saturno, na casa dos relacionamentos estáveis. Até o final de maio, com Júpiter ajudando Urano, eles vão estar mais voluntariosos e confiantes do que nunca e não vão admitir interferências na sua liberdade. A partir de junho, com Júpiter em Touro, essa energia toda vai se voltar para os negócios e pode ser que os arianos cedam ao poder de Saturno e comecem a aceitar a ideia de um relacionamento estável. De qualquer forma, não é qualquer parceiro que vai conseguir passar pela peneira fina de Saturno. Já os casados vão continuar a lidar com uma crise que começou em 2010. Num ano regido por Mercúrio, não vai faltar tempo nem oportunidade para “discutir a relação”.

TOURO –
Nos primeiros meses do ano os taurinos vão continuar com a sensação de que perderam o controle das suas vidas e que estão sendo obrigados a trabalhar muito e se divertir pouco. Os relacionamentos também entram nessa dança – só aparece gente complicada ou que precisa de ajuda. Para quem já tem um relacionamento estável, o parceiro pode dar mais trabalho do que satisfação. Tudo isso muda entre maio e junho quando, na sequência, Marte, Vênus e Júpiter entram neste signo. A partir daí, os taurinos vão recuperar a autoestima, que é a condição fundamental do amor.

GÊMEOS –
Com Mercúrio regendo o ano de 2011, os geminianos vão estar no seu elemento. O talento com as palavras do deus-mensageiro vai comandar os relacionamentos. Além disso, a entrada de Netuno no signo de Peixes vai colorir a imagem que eles mostram para o mundo com um véu de glamour extraordinário. O problema é que, na casa cinco, de onde vêm os romances sem compromisso, está Saturno, que não se deixa enrolar com facilidade e é danado para transformar brincadeira em coisa séria. Júpiter, o regente das relações estáveis, está fazendo uma parceria com Urano, o planeta da liberdade. O resultado é que namoros vão exigir compromissos e casamentos vão pedir liberdade. As coisas melhoram a partir de junho, quando Júpiter entra em Touro, um signo regido por Vênus, a deusa do amor. O único problema é que ele vai passar o resto do ano na casa onde estão as coisas que a gente não vê. E os geminianos vão continuar com medo das relações leves e sonhar com as relações de compromisso, mesmo que elas sejam inacessíveis.

CÂNCER –
O ano começa melancólico, com os cancerianos tendo a impressão de que a felicidade é um dom quase inalcançável e que as relações a dois trazem mais problemas do que ajudam. Mudanças importantes na vida profissional vão relegar o amor a um segundo plano. Com a entrada de Netuno no signo de Peixes, as necessidades amorosas podem ser substituídas por uma intensa dedicação à vida espiritual e os cancerianos vão apostar num milagre que traga de volta a sensação de felicidade. As coisas mudam no fim de maio e no começo de junho, quando Vênus, Marte e Júpiter vão entrar em Touro e fazer uma ponte com o terrível Plutão, que continua na casa dos relacionamentos. A partir daí, vai ser possível voltar a confiar num parceiro e fazer planos para um futuro feliz. É bem possível que esse novo parceiro seja trazido por um amigo.

LEÃO –
Para a vida amorosa, a novidade mais importante é a entrada de Netuno no signo de Peixes. Nos últimos 14 anos o planeta dos sonhos cobriu com uma névoa imaginária a casa do casamento, das sociedades e de todas as relações contratuais. A partir de abril, vai ficar mais fácil saber o que os leoninos esperam dos parceiros e estabelecer ligações reais. Como o ano astrológico começa com Vênus na casa do casamento e em harmonia com Saturno, o céu pode trazer finalmente um amor verdadeiro e duradouro. Marte, o senhor dos desejos, promete descobertas românticas e sofisticadas na vida sexual.

VIRGEM –
Quem nasceu em Virgem vai se sentir muito à vontade em 2011. O deus-mensageiro começa o ano astrológico na casa da sexualidade junto com o Sol, com Urano e em conjunção com Júpiter. Difícil vai ser lidar com tantas expectativas. O problema acontece em abril quando Netuno se instala na casa das relações de parceria, onde pretende ficar durante 14 anos. É melhor ir logo se acostumando com o poder de encantamento do planeta dos sonhos. Em junho, quando Júpiter entrar em Touro, pode surgir um romance muito concreto, mas muito distante. É melhor deixar a crítica e a desconfiança de lado e embarcar sem reservas na viagem de um grande amor.

LIBRA –
Em 2011, os librianos vão viver o final de um ciclo que começou em 1980 e exigiu uma reformulação radical de todos os relacionamentos. Desde 2010 eles estão se sentido extraordinariamente responsáveis pelas suas escolhas e movimentos, e essa tensão está praticamente impedindo qualquer atitude espontânea. Enquanto eles se autocriticam e sentem medo de agir, os parceiros mais importantes parecem estar mudando o tempo todo: relações importantes podem ter terminado ou estão prestes a terminar. Parcerias novas podem aparecer provavelmente com pessoas muito diferentes daquelas em quem eles costumavam confiar. As coisas mudam um pouco no segundo semestre quando Júpiter entrar na casa da sexualidade e das relações intensas e profundas. De lá ele vai fazer uma parceria com Plutão e pode trazer uma paixão inesquecível. Mas, para poder vivê-la, a esperança vai ter que vencer o medo.

ESCORPIÃO –
Apesar da tensão provocada pelo excesso de solicitações da vida profissional, os nativos de escorpião estão profundamente mobilizados pelo desafio das relações amorosas. A harmonia entre Vênus, que começa o ano neste signo, com Júpiter e Urano, que ainda estão no signo de Peixes, dá asas poderosas à imaginação e pode trazer um interesse afetivo e sexual que vai se transformar em puro encantamento no mês de abril, quando Netuno se instalar na casa dos romances e da criatividade. Está começando um tempo inspirado em que o amor vai desempenhar um papel de grande importância. No começo, puro sonho, mas entre maio e junho, com Júpiter e Vênus em Touro, o céu vai trazer uma parceria muito concreta que vai indicar o caminho para uma relação estável e duradoura. O único problema é que Júpiter às vezes exagera e traz várias pessoas ao mesmo tempo. Como Saturno em Libra multiplica as dúvidas, o difícil vai ser escolher.

SAGITÁRIO –
Os relacionamentos vão ter um papel muito importante na vida dos sagitarianos em 2011. Nos primeiros meses do ano, o foco ainda vai estar nas relações com a família, mas a partir de abril, com Urano entrando definitivamente na casa dos romances e da criatividade, a vida amorosa vai ganhar um dinamismo e uma energia muito fortes. Não dá para esperar relações muito estáveis e duradouras, mas, em compensação, vão ser todas muito mais alegres e estimulantes do que foram até agora. É melhor não desperdiçar essa fase divertida porque Urano só passa numa área do mapa astral uma vez na vida. Fica lá durante sete anos, mas leva oitenta e quatro anos para voltar. Isso não quer dizer que a vida vai ser um eterno namoro porque, em 2012, quando Júpiter entrar em Gêmeos, a tal relação estável vai aparecer. Mas a alegria e a criatividade ficam até 2018.

CAPRICÓRNIO –
Desde o final de 2008, quando Plutão entrou nesse signo, os capricornianos estão sentindo o peso de uma aguda crise pessoal e profissional. Durante 2011 a crise continua, mas deve ser muito aliviada entre maio e junho, quando Vênus e Júpiter, na sequência, entrarem no signo de Touro, na casa dos romances sem compromisso. Apesar da falta compromisso não ser muito do agrado dos filhos de Saturno, Júpiter pode trazer um amor suave que ajude aliviar a sensação de que estão carregando o mundo nas costas. A entrada de Urano no signo de Áries afrouxa um pouco os laços com a família e pode permitir a entrada de um relacionamento muito diferente do tradicional. Um amor que abra as portas de uma sexualidade mais livre, mais de acordo com a identidade que às vezes fica escondida debaixo das normas e convenções sociais.

AQUÁRIO –
Para os aquarianos, o ano de 2011 é quase uma libertação. Urano no signo de Áries abre todos os caminhos, principalmente a partir de março. Depois de um ciclo de 14 anos, Netuno abandona o signo de Aquário e entra no signo de Peixes. A sensação é como a de acordar de um encantamento e voltar a se enxergar com clareza. Com a identidade mais bem definida, vai ficar muito mais fácil saber o que esperam das relações de parceria. Como Mercúrio, o regente do ano, toma conta da casa dos romances, as possibilidades amorosas devem se multiplicar. Entre maio e junho, com Vênus e Júpiter entrando no signo de touro, os aquarianos vão saber muito bem o que significa a verdadeira felicidade.

PEIXES –
De todos os signos do zodíaco, os piscianos talvez sejam os que entenderam menos o que estava acontecendo nas suas vidas em 2010. Com Júpiter e Urano passeando em cima do seu Sol natal, eles sonharam muito e confiaram que a vida ia trazer exatamente aquilo que eles tinham pedido. Mas não foi bem assim. Quando Urano está envolvido, nunca se sabe o que a vida vai trazer, nem onde se vai parar. O ano de 2011 trará uma surpresa ainda mais rara e difícil de acontecer. Pela primeira vez na vida, os piscianos vão ter Netuno em casa e saber exatamente aquilo que são. Pela primeira e última vez, embora o planeta fique lá durante 14 anos. Mercúrio pode trazer tanto a felicidade quanto o parceiro perfeito, mas será que eles vão querer?

Fonte:  Site- www.delas.ig.com/ astróloga Mônica Horta.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário