Página inicial » Dinheiro » Qual a Melhor Aplicação Financeira Atualmente

Qual a Melhor Aplicação Financeira Atualmente

Atualizado em:

Qual a melhor aplicação financeira atualmente 1 Qual a Melhor Aplicação Financeira Atualmente

Tesouro Direto – a melhor aplicação atual

Não existe melhor momento para traças metas do que o início de um novo ano. Isso é o que muitas pessoas fazem, entre os principais objetivos estão entrar para a faculdade, melhorar de emprego, emagrecer, arrumar namorado, fazer a viagem dos sonhos, comprar a casa própria, trocar de carro e muito mais. Só que para realizar tudo isso, geralmente é necessário que  outra meta se concretize, dificílima para muitas pessoas – juntar dinheiro. Economizar para o seu futuro, seja qual for o destino deste dinheiro, é a melhor opção para garantir o sossego.

Pensando nisso, é preciso ter consciência de que guardar dinheiro embaixo do colchão ou no cofrinho de lata é coisa do passado. Então, você sabe onde investir as suas economias? Isso é uma decisão muito importante, o futuro do seu dinheiro depende disso. Segundo alguns especialistas em economia, o mais importante não é o rendimento mensal da aplicação, mas sim quanto tempo ela ficará rendendo.

As principais formas de aplicação financeira no país são a caderneta de poupança, o certificado de depósito bancário (CDB) e os fundos de investimento. Atualmente, a melhor opção tem sido investir do Tesouro Direto. Esta é uma iniciativa para que pessoas físicas invistam em títulos públicos. O Tesouro já tem aproximadamente 200 mil investidores e para ser um deles você pode começar entrando em contato com uma corretora e desembolsando o valor mínimo de R$ 150,00. Esta é a melhor opção em longo prazo, procure manter seu título  até a data de vencimento, caso você precise vendê-lo antes pode não receber o valor esperado, mas ainda assim compensa mais do que a poupança.

O Tesouro ainda tem uma grande vantagem em cima do CDB, você pode escolher pela reaplicação ou renovação automática do rendimento, evitando que este dinheiro já para a sua conta-corrente. Quando ele vai para a conta, você precisa retirá-lo e depois solicitar uma nova aplicação no CDB, para essa retirada não cobrados 0,38% de CPMF. Além de tudo, os riscos no Tesouro são mínimos, pois o seu rendimento está relacionado ao patrimônio nacional e o país está assegurado.

 

Por Ingrid de Castro.

Revisado por: em .

Sobre TodaPerfeita

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>