Qual é o melhor alongamento de cabelo

Conheça os melhores tipos de alongamentos de fios

Que mulher vaidosa não vive para cultivar cabelos bonitos e vistosos? Pois é, as madeixas são a preocupação da mulherada, que vive em busca de novos produtos, técnicas, penteados, cortes e tudo mais para deixar os fios cada vez mais bonitos. E beleza, muitas vezes, quer dizer fios longos e que permitam mudanças reversíveis, como soltar e prender a qualquer momento. O problema é que algumas de nós têm problemas com o crescimento dos fios ou possuem poucos, então, acabam investindo no alongamento. Conheça os principais tipos:

Alongamento com queratina – são coladas mechas bem finas próximas da raiz. A cola usada contém queratina, um componente natural do cabelo, por isso o método não agride os fios. Esse tipo de alongamento permite fazer mechas bem pequenas, deixando a emenda discreta. A manutenção deve ser feita a cada três meses. É indicado para fios lisos ou ondulados. Por ser preso com cola, é preciso de cuidado com a raiz, chapinhas e escovas não são permitidas na região.

Alongamento com nó italiano – As mechas postiças são amarradas com lastex nas mechas originais, próximo da raiz. A técnica dá mais volume na região em que as mechas foram amarradas. Após três meses, deve ser retirado e reposicionado. É preciso ter cuidado, pois o nó pode deixar os fios lisos frisados e mofar o cabelo sob a linha.

Alongamento com presilhas ou faixinha – os apliques são feitos com presilhas. A aplicação é simples, basta separar o cabelo em linhas horizontais e encaixar a mecha com a presilha. Com cabelo humano o aplique é bem natural e pode ser tingido, ficando bem parecido com o seu natural. Não exige manutenção. Para tirar, solte as presilhas.

Por Ingrid de Castro.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

Deixe um comentário