Quem tem endometriose pode engravidar?

 

É possível engravidar tendo endometriose?

 

A endometriose é um problema que se desenvolve quando o tecido que reveste a cavidade uterina, chamado de endométrio, se aloja fora do útero. A explicação mais utilizada é que quando a mulher menstrua, isto é, quando ocorre eliminação do endométrio, partes deste tecido passam pelas tubas e chegam à cavidade abdominal e crescendo de acordo com a ação dos hormônios.

A doença pode apresentar alguns sintomas, que geralmente são cólicas menstruais muito fortes e incapacitantes, fluxo de menstruação abundante, dores durante e após as relações sexuais, dor pélvica prolongada, dificuldade para urinar, sangramento anal no período da menstruação e até dificuldades para engravidar.

 

Uma grande dúvida é se mulheres que têm endometriose podem engravidar. Nestes casos, para aumentar as possibilidades de engravidar, é indicada a retirada do tecido endometrial que esteja dificultando o processo; a realização do tratamento hormonal com medicamentos e exames que verifiquem a ovulação.

 

Com a endometriose, vários órgãos podem ser comprometidos. Nos ovários, a doença pode levar à formação de um cisto chamado endometrioma, que pode, geralmente, afetar o futuro reprodutivo da mulher. Quando o problema já está avançado, as chances de engravidar são bem reduzidas, por isso é importante levar em consideração os sintomas. Tratar a doença no início e prevenir com tratamento específico para que não haja avanço endometriose é essencial para não correr riscos.

 

 

Por Ingrid de Castro.

Deixe um comentário