Página inicial » Diet & light » Reeducação Alimentar – Cardápio

Reeducação Alimentar – Cardápio

Atualizado em:

reeducação alimentar Reeducação Alimentar – Cardápio

Sinônimo de emagrecimento efetivo, a reeducação alimentar é o melhor caminho para exterminar (de uma vez por todas) os quilos a mais, sejam eles muitos ou poucos. E, principalmente, como método de manutenção do peso perdido, garantindo sua eterna amizade com a balança, para que o peso perdido não insista em dar novamente as caras em seu corpinho e acabe (novamente) com a alegria de poder entrar enfim no sonhado jeans.

Para te deixar viver (em paz, adeus dietas!) sempre magra, a reeducação alimentar tem como base, princípios que são perfeitamente possíveis de qualquer um encaixar em sua rotina diária. A reeducação alimentar não atua com restrição exagerada de calorias ou com o consumo de apenas alguns alimentos por um determinado período, como na maioria das dietas – que muitas vezes contribui para o chamado efeito sanfona, onde a pessoa vive em constante perda e ganho de peso.

O cardápio de uma reeducação alimentar deve ser baseado nos seguintes preceitos:


- Faça de 5 a 6 refeições por dia, com pequenas quantidades de alimentos. Divididas entre: café da manhã, lanche da manhã, almoço, lanche da tarde, jantar e ceia.

- Prefira os alimentos frescos, naturais e integrais, alimentos industrializados, podem contar tantas outras coisas além dos nutrientes em si.

- Procure eliminar as frituras no máximo 1 vez por semana, e mesmo assim use azeite ou óleos vegetais

- Evite os alimentos ricos em gordura saturada como manteiga, banha, creme de leite, queijos amarelos, carne gorda e com gordura aparente, como picanha, tender.

- Tenha sempre em seu cardápio alimentos integrais e ricos enm fibras, como arroz integral, pães integrais, frutas frescas, verduras e legumes. As fibras não podem faltar nunca, porque dão saciedade, ajudam a regular a absorção de glicose e colesterol, e no bom funcionamento do intestino e na eliminação das toxinas.

- Escolha alimentos de baixas calorias. Como às opções light, desnatados, queijos e carnes magros, alimentos integrais, etc.

- substitua: o açúcar refinado por frutas, adoçantes artificiais. A manteiga pelo óleo de soja ou azeite de oliva. Massas por verduras e legumes. Refrigerantes, sucos artificiais por sucos naturais. Alimentos fritos pelos cozidos. Alimentos cozidos por crus quando possível. A cerveja e bebidas alcoólicas pelo vinho. A carne vermelha pela carne branca (frango, peru etc.). Doces, bombons por frutas. Troque o leite integral pelo desnatado.

O cardápio ideal de uma reeducação alimentar deve conter:

- Café da manhã: leite ou iogurte ou queijo, torradas ou pão ou cereais matinais (uma quantidade pequena de geléia ou margarina pode ser consumida), frutas e/ou suco de frutas, frios como presunto, presunto de peru.

- Almoço ou jantar: leguminosa (feijão, ervilha, lentilha, soja, grão de bico.); alimento fonte de cereais (arroz, macarrão, batatas, pão), ou mais verduras (alface, agrião, brócolis, repolho, almeirão, acelga, rúcula, espinafre.); fruta ou suco de frutas (laranja, maçã, pêra, uva, banana, mamão, melancia, melão, morango, caju).Ou mais legumes (cenoura, chuchu, beterraba, quiabo, rabanete, pepino, vagem.); carne (carne bovina, carne de porco, frango, peixe, ovos, peru, galinha, frutos do mar.).

- Lanches e ceia: frutas, bolachas integrais, chás, leite, iogurte

Por Malanny Serejo / Fonte: www.dietaebeleza.com.

Revisado por: em .

Sobre TodaPerfeita

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>