Remédios para emagrecer – mitos e verdades

remedios-emagrece

Mitos e Verdades – Remédios para emagrecer

Muitas mulheres ou homens já recorreram aos famosos remédios de emagrecimentos uma ajudinha para perca de peso mais rápido, vale lembrar que remédio sozinho não faz milagre, você perde peso mais fica no verdadeiro efeito sanfona, porque na verdade se você não fizer uma reeducação alimentar não consegue ficar sem engordar, acompanhado de exercícios e atividades físicas saindo do sedentarismo.

Alguns exemplos de remédios são:

remedio-para-emagrecer

ANFETAMINAS
Essa família inclui três principais substâncias vendidas por vários laboratórios farmacêuticos: anfepramona (Hipofagim, Inibex e Dualid), fenproporex (Desobesi–M, Inobesin, Lipomax) e mazindol (Absten–Plus, Diazinil, Dobesix). Agem no centro da fome, controlando o apetite, e são indicadas para obesos que não conseguiram emagrecer com dieta e exercício. A Agência de Vigilância Sanitária (Anvisa), que aprova e veta os medicamentos, considera os derivados de anfetamina uma opção terapêutica apenas mediante acompanhamento médico constante.

SIBUTRAMINA
A sibutramina aumenta a saciedade, ou seja, você se satisfaz com menos comida. Funciona como se acionasse um botão no cérebro para reduzir a compulsão alimentar. Também produz alguns efeitos colaterais – dor de cabeça, insônia, boca seca, agitação. Nas farmácias, Reductil e Plenty são os dois nomes mais conhecidos.

ORLISTAT
Age no intestino, fazendo com que o organismo absorva apenas 30% das gorduras ingeridas. Comercializado pelo nome Xenical, sua vantagem é não causar dependência. Entretanto, pode provocar crises de diarréia se a pessoa consumir grande volume de alimentos gordurosos. É indicado para mulheres que não podem usar os inibidores de apetite por algum motivo de saúde ou que não sofrem para controlar a vontade de comer.

O importante é que para fazer uso de qualquer remédio tem que se consultar um médico especialista na área para que se possa fazer o uso do medicamento ideal para seu peso e tratamento.

Mas existem, muitos casos comprovados de emagrecimentos sem uso de remédios apenas com a força de vontade da pessoa.

OBS: Qualquer medicamento deve ser prescrito por um médico antes de seu uso.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

Deixe um comentário