Sementes na Alimentação

Atuais queridinhas dos nutricionistas, as sementes estão na moda e não é por acaso. Para quem acha que semente é apenas comida de passarinho, existem excelentes razões para se apostar nelas, e bem convincentes. Além de prolongar a sensação de saciedade, são ricas em ácidos graxos monoinsaturados, auxiliam no controle dos triglicérides, do colesterol total, do colesterol ruim (LDL), e diminuem o risco de desenvolvimento de doenças cardíacas.

Bons exemplos estão nas sementes de girassol, linhaça e gergelim. Conheça algumas de suas propriedades nutricionais e como elas podem ajudar o nosso corpo a funcionar melhor:

– Gergelim: por ser boa fonte de manganês, cálcio, cobre, magnésio, ferro, fósforo, vitamina B1, zinco, proteínas, vitaminas A e E e fibras ricas em lignanas, ela combate prisão de ventre, e previne o aumento de colesterol. Como 50% de sua composição é de gordura boa, do tipo insaturada, regula os níveis de colesterol e triglicérides no sangue. Auxilia na saúde cardiovascular, intestinal e na prevenção do câncer, envelhecimento precoce, prevenção do diabetes e afasta a fome por mais tempo. Deve-se consumir, diariamente, 1 a 2 colheres de sobremesa. Ou ainda na forma de produtos feitos com a semente – pães integrais, bolacha e bolos. Podem ser torradas ou polvilhadas sobre os alimentos como arroz, iogurte, suco e salada.

– Linhaça: protetora do coração, ela contém lignana( um composto fitoquímico que previne câncer de mama), e uma estrutura química similar ao estrógeno (ajudar a prevenir os sintomas da menopausa). É rica em ácidos graxos ômega 3 e ômega 6, reforça o sistema imunológico, reduz inflamações, colesterol total, triglicérides e  retarda a coagulação sanguínea. Cheia de fibras solúveis e insolúveis, ela regula o trânsito intestinal (prevenindo o câncer de cólon), controla a absorção de glicose e colesterol no intestino. Apresenta variadas vitaminas e minerais – B1, B2, C, E; caroteno, ferro, zinco, potássio, magnésio, fósforo e cálcio. Seus benefícios são maiores na semente moída ou triturada, sendo utilizada na preparação de pães, bolos, biscoitos, cereais e bebidas,  também pode ser adicionada a sucos, saladas, sobremesas, iogurtes, sopas, etc.

– Semente de abóbora: outra amiga do coração, ela dá um chega pra lá no colesterol, boa fonte de fibras, vitamina A e potássio, auxilia no controle da pressão arterial, combate a prisão de ventre, e previne doenças oculares. Também possui alto teor de ácidos graxos essenciais, zinco e fitoesterol, o que combate o colesterol. Ótimo pestisco, pode ser triturada, e utilizada na forma de farinha, se tornando base de diversas preparações, consuma na salada de frutas, com sucos, saladas e massas de bolos e tortas.

Por Malanny Serejo

Deixe um comentário