Página inicial » Saúde » Sintomas da TPM tem tratamento

Sintomas da TPM tem tratamento

Atualizado em:

tpmgrande 300x199 Sintomas da TPM tem tratamento

Em paz com os hormônios

A TPM para muitas mulheres algumas transformações principalmente na área do seu humor. Algumas ficam a beira de um ataque de nervos.

Existem algumas plantas que podem suavizar todo esse desconforto feminino elas são um santo remédio.

O descontrole hormonal das mulheres mexe com o organismo, inclusive o cérebro, provocando desconforto e perda temporária do controle podendo causar estragos em algumas relações.

Estudos indicam as vendas no país de Panax ginseng, para combater a fadiga física e mental, sintomas freqüentes na TPM, e Valeriana officinalis, que reduz a ansiedade.

Precisa ter discernimento e bom senso para qualquer tratamento hormonal, até mesmo para os fitoterápicos. Para evitar contratempos, consulte um especialista em saúde da mulher e em plantas medicinais.

O tratamento fitoterápico apresenta poucos efeitos colaterais e os primeiros resultados aparecerem após cerca de duas semanas de uso, ainda é tido por muitos médicos como auxiliar em relação à alopatia. Um dos motivos é que o mecanismo de ação de várias espécies ainda não foi desvendado.

A planta Angelica sinensis  é usada há milênios na China para tratar problemas femininos como o fluxo menstrual irregular, até hoje os cientistas não sabem de que forma ela equilibra nossos hormônios.

Uma coisa é certa uma mulher com TPM é uma das piores coisas que pode acontecer por isso procure uma ajuda médica para aliviar os sintomas.

Revisado por: em .

Sobre Adriane Boneck

Maquiadora e cabeleireira Profissional formada pelo Senac e Oficina dos Cabelos. Redatora e fundadora do Blog da Adri desde 2005

Um comentário

Deixe um Comentário

Seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados *

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title="" rel=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <strike> <strong>