Sintomas de Intoxicação Respiratória

 

Informações sobre a intoxicação respiratória

Após o acontecimento trágico na boate Kiss, em Santa Maria – RS, que levou ao falecimento mais de 230 jovens intoxicados e queimados no incêndio, os problemas relacionados à intoxicação respiratória, seus sintomas e conseqüências têm sido abordados como alerta e prevenção. É claro que eles não ocorrem somente em um caso como a tragédia gaúcha, mas também por outros fatores, veja:

A intoxicação respiratória causada pela inalação de substâncias químicas tóxicas, como tintas, fumaças, drogas e inseticidas. Lembramos que, este último, é uma denominação não utilizada somente para o famoso mata-mosquito que usamos em casa, mas também para produtos agrícolas, especialmente, que muitas vezes causam problemas em longo prazo, quando usados sem os devidos cuidados e proteção.

No caso de incêndios, como foi o trágico exemplo que tivemos há poucas semanas, a inalação da fumaça e gases tóxicos são umas das principais causas dos problemas nestas vítimas. A inalação deste tipo de substância desenvolve queimaduras internas, asfixia e irritação pulmonar.

Mesmo que você saia “ileso” de uma situação de risco envolvendo possível intoxicação, é preciso tomar cuidado, pois até cinco dias após o ocorrido é possível surgirem os primeiros sintomas da intoxicação respiratória, que pode deixar graves problemas para vida toda. Os principais sintomas de quem foi afetado são febre, falta de ar, chiado no peito para respirar, tosse, tontura e enjôos.

 

 

Por Ingrid de Castro.

Deixe um comentário