Spinning Emagrece?

Ao se matricular numa academia, há sempre aquela indecisão inicial sobre quais aulas experimentar primeiro. E são várias, dança, musculação, hidroginástica, pilates… Porém, apesar de tantas opções, existe uma em especial que vêm causando sensação e lotando as salas das principais academias de ginástica do país, as aulas de Spinning. Só para ter uma idéia do sucesso da modalidade, em algumas academias, é preciso pegar senha para praticá-la! E esperar uma fila bem longa para conseguir subir na magrela e ensaiar as pedaladas.

Sim, mas e o principal, essa aula emagrece mesmo? A resposta é: com certeza. E muito! Também conhecido como “detonador de calorias”, o Spinning pode incinerar de 570 a 870 calorias em uma hora de treino. Por ser uma atividade aeróbica, melhora bastante o fôlego, combate o stress, além de enrijecer pernas, bumbum, abdômen e ser bem empolgante.

Alguns até dizem que a aula se assemelha a uma balada, já que é realizada em grupo, com luz piscando na sala, muita agitação e música eletrônica nas alturas. Com uma aula tão motivante como esta, não tem como ser vencido pela preguiça de malhar, né?

O ciclismo indoor – nome original do spinning – surgiu nos Estados Unidos, em 1995, desenvolvido por um ciclista sul-africano chamado Johnny G. O que dos anos 90 para cá, se espalhou pelo mundo e virou febre. Hoje, aproximadamente 25% dos horários nas academias são destinados a pratica de spinning. Outro grande motivo das sessões serem sucesso absoluto, é ser ela uma aula muito simples, que não exige coordenação motora para ser feita, basta apenas sentar na bike e pedalar bastante.

Malhação pesada, o spinning exige muito esforço físico. No decorrer da atividade, os alunos devem manter a coluna alinhada e simulam percursos, como subidas e descidas de montanhas e morros imaginários. Para praticá-lo com segurança, conforto e aproveitar o máximo que aula têm a oferecer, esteja atenta (o) a algumas dicas:

Use frequencímetro (aparelho que monitora a freqüência cardíaca durante a atividade física. Com o seu uso, é mais fácil queimar gordura, pois ele mostra se você está abaixo ou acima da chamada zonaalvo, o que torna o treino eficiente); Calce a sapatilha (mesmo a bike de spinning tendo um firma-pé para prender o tênis, prefira usar uma sapatilha especial, à venda em lojas de artigos esportivos, que pode melhorar muito mais o seu desempenho);

Antes de iniciar o treino, verifique: a altura do banco (antes de subir, fique ao lado do banco e ajuste-o na altura do osso do quadril; a distância do banco para o guidão (que é a medida do antebraço, do cotovelo até a mão fechada); a altura do guidão (para pedaladas confortáveis, deixe-o banco); ajuste o firma-pé (se usar tênis, prenda-o na fita, deixe-o firme, e coloque o cadarço para dentro, para não enroscar no pedal). E ao sentar na bicicleta, flexione um pouco o joelho quando o pedal estiver embaixo);

Por Malanny Serejo /Fonte: boaforma.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário