Teste do Pezinho Quando Fazer

 

Teste do pezinho ou triagem neonatal – qual o momento de realizar?

O Teste do Pezinho é um dos exames feitos em bebês mais conhecidos, popularmente. Ele é um procedimento laboratorial, que também é conhecido como “triagem neonatal”. O objetivo deste exame é realizar o diagnóstico precoce de doenças genéticas ou infecciosas e também metabólicas, que podem causar lesões irreversíveis no bebê caso não sejam tratadas rapidamente.

Para a realização do exame é feito um minúsculo furinho no calcanhar do bebê, porque esta é uma região do nosso corpo com muitos vasos sanguíneos, o que facilita a coleta do sangue. Seu bebê com certeza irá chorar um pouquinho, pois esta é uma nova sensação para ele.

O exame de triagem neonatal deve ser realizado no bebê após 48h de seu nascimento. Por que é necessário esperar este tempo? Porque sem estas horas de aguardo o resultado do exame pode ser falho, pois o pode haver interferência do metabolismo da mãe nos resultados.

Com o Teste do Pezinho é possível detectar doenças muito graves, no entanto o teste disponibilizado através do Sistema Único de Saúde (SUS) dá o diagnóstico de apenas quatro doenças, são elas:  fenilcetonúria, hipotireoidismo congênito, anemia falciforme e fibrose cística. E mesmo sendo tão restrito, nem todos Estados brasileiros realizam os quatros testes. Em uma rede privada de saúde, você pode investir e realizar um exame completíssimo, que detecta até 30 doenças diferentes.

O Teste do Pezinho é um exame obrigatório e gratuito, se seu bebê nascer em um hospital público, exija este direito.

 

 

Ingrid de Castro.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

  • Embora a fibrose cística não tenha cura, com o diagnóstico precoce e o tratamento adequado o paciente pode ter uma vida normal, ativa e produtiva.

    O Teste do Pezinho ou do Teste do Suor são os exames utilizados para se fazer o diagnóstico da fibrose cística. Além disso, também é possível realizar um exame de DNA, com cunho mais preventivo.

    Para ter melhores resultados, o tratamento da fibrose cística deve ter uma abordagem multidisciplinar, e compreender desde o tratamento medicamentoso, nutrição específica e fisioterapia.

Deixe um comentário