Tomando anticoncepcional tem risco de engravidar?

 

É possível engravidar tomando pílula?

A pílula anticoncepcional é um dos métodos contraceptivos para comuns utilizados no mundo inteiro. Sua eficácia é comprovada em cerca de 98% dos casos, sempre que há uso correto deste tipo de medicamento. Mesmo assim, muitas mulheres ficam em dúvida e, assim, questionam-se sobre o risco de engravidar. Será que é possível?

Se alguém mais também fica em dúvida sobre a eficácia da pílula anticoncepcional é preciso alertar que há sim um risco possível, mas geralmente ele está relacionado ao mau uso dela. Existem alguns casos específicos e fatores que podem levar à falha do método, entre eles, o uso de medicamentos antibióticos; apresentar vômito ou diarréia até duas horas após a ingestão da pílula; não tomar o contraceptivo no mesmo horário, diariamente; esquecer de tomar a pílula várias vezes ao mês; e, por último, trocar uma pílula por outra ou por um método contraceptivo diferente e não usar proteção, pelo menos, durante as duas primeiras semanas.

Todo método tem seu tempo de adaptação e efeito no organismo, por isso, se você for manter uma relação é preciso usar algum método de barreira, como os preservativos. Lembrando que as mulheres que fazem o uso perfeito da pílula não apresentam período o fértil, não ovulam, portanto não liberam óvulo para fecundação, impedindo, assim, que haja uma futura gestação. Porém, para tal, é preciso ter responsabilidade ao utilizar o método. O efeito da pílula, quando administrada corretamente, dura o mesmo todo, mesmo durante o intervalo entre uma cartela e outra.

 

 

 

Por Ingrid de Castro.

Deixe um comentário