Traição virtual é traição?

 

Traição virtual – vale ou não vale?

Traição: para algumas pessoas ela pode ter perdão, para outras, não há nada que as façam desculpar o fato ocorrido. Ok, quando isto acontece da forma mais tradicional já é complicado resolver, mas e quando isto acontece virtualmente? Pois é, hoje em dia, cada vez mais, casais se deparam com a facilidade do contato virtual atrapalhando os relacionamentos. O que você faria se descobrisse que seu companheiro mantém conversas picantes com outra mulher na web?

Para muitos homens e mulheres este tipo de relação, dada a distância, não caracteriza uma traição, levando em consideração que não há o toque, o encontro dos corpos. Porém, pode não haver o abraço, o beijo, o carinho entre as duas pessoas, pessoalmente, mas há o pensamento, o desejo, a vontade. Isto não seria trair? Para algumas pessoas é sim.

Alguma razão deve existir para que uma pessoa busque se relacionar fora do casamento ou namoro, mesmo que pela internet. Esta atitude pode se caracterizar como uma fuga, uma maneira de evitar problemas do casal que talvez estejam afetando a felicidade neste relacionamento real.

Primeiramente pode ser por curiosidade, mas depois a pessoa passa a aproveitar todos os momentos longe da parceira para manter esta relação virtual em segredo. É necessário que, quando houver desconfiança sobre isso, haja diálogo. Apenas conversando é que se pode saber os pretextos para que isso esteja ocorrendo.

Se você vai perdoar, aceitar ou não, esta decisão é única e individual.

 

Por Ingrid de Castro.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário