Transtorno Bipolar Sintomas

O Transtorno Bipolar é uma doença caracterizada pela alternância brusca de humor, onde, ora a pessoa fica eufórica (episódios de mania) ora muito deprimida, intercalando com períodos de normalidade. A causa da doença bipolar do humor ainda não é inteiramente conhecida, sabe-se apenas que os fatores biológicos, genéticos, sociais e psicológicos somados, podem influenciar  no seu desencadeamento.

Em geral, o transtorno bipolar tem uma importante característica genética, de modo que a tendência familiar à doença é bastante observada. A doença pode ter início na infância, geralmente com sintomas de irritabilidade intensa e impulsividade. Um terço das pessoas manifestará a doença na adolescência e quase dois terços, até os 19 anos de idade. As mulheres são as mais afetadas pelo transtorno, com muitos casos entre os 45 e 50 anos de idade.

Não se deve confundir transtorno bipolar com as alterações de humor motivadas por dificuldades cotidianas como o estresse , pois estas são passageiras e desaparecem quando solucionados os problemas.

No transtorno bipolar a mudança do comportamento de euforia para depressão ou vice-versa é imediata. Porém, o indivíduo não percebe em nenhum momento esta alteração, pois seu senso crítico e capacidade de avaliação objetiva das situações ficam prejudicadas ou inexistentes.

– Os sintomas do transtorno bipolar são divididos em dois episódios: Mania ou Euforia, e Depressão. No primeiro, o paciente pode apresentar:

Aumento de energia e disposição;

Humor eufórico;

Irritabilidade, impaciência, “pavio curto”;

Distração;

Exaltação;

Pensamento acelerado, tagarelice;

Insônia;

Otimismo exagerado, aumento da auto-estima;

Gastos excessivos;

Falta de senso crítico;

 

Delírios e alucinações;

Abuso de álcool ou drogas;· Idéias de suicídio;

Desinibição exagerada;

Comportamentos inadequados;

– Na Depressão, pode-se apresentar:

Desânimo, cansaço mental;

Dificuldade de concentração, esquecimento;

Isolamento social e familiar;

Apatia, desmotivação;

Sentimento de medo, insegurança, desespero e vazio;

Pessimismo, idéias de culpa;

Baixa auto-estima;

Alteração do apetite;

Redução da libido;

Aumento do sono;

Dores e problemas físicos como, cefaléia, sintomas gastrintestinais, dores pelo corpo e pressão no peito;

Idéias suicidas.

 

 

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário