Tratamento a Laser Para Acne

De acordo com dados obtidos pela Sociedade Brasileira de Cirurgia Dermatológica, 30% das pessoas adultas sofrem com cravos e espinhas. Além de 85% dessas mesmas pessoas apresentam alguma manifestação simples do problema e 15% são portadoras da chamada acne inflamatória, são lesões mais intensas e visíveis, que necessitam maiores cuidados.

A acne é uma infecção da pele, causada por uma bactéria denominada Propioniubacterium acnes, super comum que pode afetar homens e mulheres. Sua intensidade varia de pessoa para pessoa. As lesões podem ser desde poucas e discretas, até lesões mais graves e aparentes.

Apesar de comum, se não for tratada de modo correto, a acne pode deixar marcas físicas quase irreparáveis, afetando o psicológico e a vida social da pessoa. Para quem ainda sofre ou para quem já passou por esse problema – e hoje exibe marcas, muitas vezes, proeminentes do problema -, existem, atualmente, tratamentos clínicos que vêm apresentando resultados significativos no tratamento da acne e suas marcas. Um deles é o uso do laser.

Por intermédio da aplicação de uma fonte de luz pulsada na pele acneica, pelo menos 2 vezes por semana, em torno de 15 minutos cada sessão, o laser atua na parte profunda da derme, onde estão localizadas as glândulas sebáceas. Por meio de um aquecimento intenso nesta região, as glândulas sebáceas diminuem sua atividade de secretar sebo para a superfície da pele, o que melhora a seborréia e acne. Para o tratamento de marcas, através deste desempenho na derme, o aquecimento provocado pelo laser, também promove a formação de um novo colágeno, o que leva, a uma melhora efetiva das cicatrizes da acne.

Se você sofre constantemente com esse problema e já utilizou vários tipos de tratamento e não obteve sucesso, pode ser que o tratamento a laser venha a ser a solução. Como existem muitos tipos de lasers para finalidades diversas, converse bastante com um dermatogista estético e o cirurgião do laser e pergunte sobre a possibilidade de vir a usá-lo, e qual o tratamento a laser mais adequado ao seu caso.

Verifique também onde o médico foi treinado para usar o equipamento do laser, se ele aluga ou possui o equipamento do laser, e peça para ver retratos do antes e depois de outros pacientes afim de verificar a real eficiência do tratamento.

Por Malanny Serejo

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário