Tratamento Para a Dengue

A dengue é uma doença infecciosa febril aguda, causada por um vírus da família Flaviridae, sendo transmitida, no Brasil, através do mosquito Aedes aegypti, também infectado pelo vírus. Atualmente, a dengue é considerada um dos principais problemas de saúde pública no mundo. Existem quatro tipos de dengue, já que o vírus causador da doença possui quatro sorotipos: DEN-1, DEN-2, DEN-3 e DEN-4. A dengue pode se apresentar de quatro formas diferentes: Infecção Inaparente, Dengue Clássica, Febre Hemorrágica da Dengue e Síndrome de Choque da Dengue. Dentre eles, destacam-se a Dengue Clássica e a Febre Hemorrágica da Dengue.

A dengue é conhecida no Brasil desde os tempos de Brasil colônia. O mosquito Aedes aegypti tem origem africana. Ele chegou ao Brasil junto com os navios negreiros, depois de uma longa viagem de seus ovos dentro dos depósitos de água das embarcações. Em 1903, Oswaldo Cruz, então Diretor Geral da Saúde Pública, implantou um programa de combate ao mosquito que alcançou seu auge em 1909. Em 1957, anunciou-se que a doença estava erradicada do Brasil, embora os casos continuassem ocorrendo até 1982, quando houve uma epidemia em Roraima.

Em 2008, a doença volta com força total, onde superou, em número de vítimas fatais, a epidemia de 2002, onde 91 pessoas morreram. Nos últimos anos, muitos estados do Brasil registraram graves epidemias de Dengue. Atualmente, a dengue hemorrágica está entre as dez principais causas de hospitalização e morte, principalmente de crianças.

Em geral, o tratamento da dengue requer bastante repouso e a ingestão de muito líquido, como água, sucos naturais ou chá, para hidratar o paciente. No tratamento, também podem ser usados medicamentos anti-térmicos que devem recomendados por um médico. É importante salientar que a pessoa com dengue não deve, em momento algum, fazer uso de remédios à base de ácido acetil salicílico, como AAS, Melhoral, Doril, Sonrisal, Alka-Seltzer, Engov, Cibalena, Doloxene e Buferin. Por terem efeito anticoagulante, podem provocar sangramentos.

Por Malanny Serejo /Fonte: www.combateadengue.com.br.

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

Deixe um comentário