Tratamentos de Beleza Para o Inverno

O inverno é a melhor estação para dar início a tratamentos de beleza, principalmente os de pele, já que nessa época não estamos sob efeito tão intenso das radiações solares, diminuindo, assim, o risco de manchas e outros problemas derivados da exposição à luz solar. Contudo, o clima seco do inverno necessita cuidados especiais, seja para o cabelo, pele ou corpo. Confira, a seguir, alguns dos melhores tratamentos de beleza para fazer no inverno para ficar linda nesta estação.

– PIXEL: Laser que promete acabar com as estrias, ele promove microperfurações na pele, preservando células sadias e, assim, acelerando a cicatrização. Sua função é aquecer a derme para estimular a produção de colágeno e, com isso, preencher a estria de dentro para fora. Durante a aplicação quando o local estiver anestesiado – o que geralmente é feito com creme anestésico -, são feitos disparos em toda a extensão da estria. O resultado é a considerável diminuição no comprimento e a espessura da estria podem diminuir até 60% ao fim do tratamento. Porém, é proibido para grávidas e pessoas com tendência a hiperpigmentação e queloide. O número de sessões é entre três e seis, com intervalos de três semanas entre elas.

– ULTRASHAPE: tratamento que combate as gorduras localizadas através de ondas de ultrassom que fazem as células de gordura vibrar até que elas se rompam. Mas o equipamento só pode ser usado se o tecido adiposo tiver mais de 1,5 centímetro de espessura, o que é verificado pelo especialista. Caso contrário, ele pode atingir a gordura que fica entre os órgãos, prejudicando a saúde. A aplicação é feita com a ajuda de um óleo específico, o profissional desliza um transdutor sobre a área a fim de que ele identifique a gordura e faça disparos certeiros. Promete reduzir até 2 centímetros do abdome por sessão. Embora as ondas não provoquem dor, apenas um leve aquecimento quando se aproximam de algum osso. Por outro lado, é preciso ter paciência, já que a aplicação demora duas horas, em média. É proibido para grávidas, pessoas com alterações no fígado, problemas cardíacos, diabetes ou colesterol descompensados. O número de sessões é de uma a três, com intervalo de 30 dias entre elas.

– TITAN: Revolucionário, o Titan promete acabar de  com a flacidez muscular. Aparelho que emite luz infravermelha, ele aquece a camada profunda da pele a até 50ºC e, consequentemente, estimular a contração e a produção de colágeno e elastina, que dão sustentação à pele. No procedimento, após aplicar pomada anestésica, o médico limpa a área e espalha uma camada fina de gel. Em seguida, faz disparos de luz em toda a região por cerca de 30 minutos. O resultado é uma pele ligeiramente esticada já depois da primeira sessão e mais firme nas seguintes. É proibido para: grávidas, quem tem vitiligo, lúpus ou faz uso de marca-passo ou medicação que deixa a pele sensível à luz. O número de sessões varia entre três a quatro, uma a cada 30 dias.

 

Por Malanny Serejo / foto : divulgação

1 Estrela2 Estrela3 Estrela4 Estrela5 Estrela (Ainda sem avaliação)

1 Comentário

Deixe um comentário