Depilação a laser

depigrande

Depilação
A depilação a laser é o sonho de algumas mulheres para se livrarem daqueles pêlos indesejáveis.

Encontramos três tipos de tratamento a laser:

Photoderm (LID): o método utiliza a luz pulsada e é ideal para pessoas com a pele clara e pêlos escuros.

Epilaser (Laser de Rubi): também indicado para peles claras e pêlos escuros.

Light Sheer (Laser Diodo): é o mais recente e pode ser aplicado em pessoas com pele morena, negra e até bronzeada.

Mas lembre-se que antes de fazer uma depilação a laser, é preciso fazer uma avaliação médica, para verificar as possíveis vantagens e desvantagens, de acordo com as suas características físicas.

As dúvidas

O laser ativa o colágeno da derme e com isso reduz a oleosidade, a abertura dos póros e as cicatrizes da acne, deixando a pele muito mais bonita.

O laser elimina o pêlo porque a sua energia, em forma de luz, é atraída e captada pela melanina, pigmento presente na haste do fio e responsável pela sua coloração. Essa energia térmica destrói ou retarda a capacidade de o folículo produzir um novo fio. Os pêlos que não são eliminados na hora crescem lentamente, mais claros e finos.

Leia Também  Hidroterapia para Gestantes

A dor da aplicação vai depender de mulher para mulher. A sensação de ardência, na área que está sendo depilada, o nível de stress e até o período do ciclo menstrual.

Logo após a primeira sessão o local fica quente e vermelho, isso ocorre em média por duas a quatro horas em média e, posteriormente, algumas áreas podem escurecer um pouco e formar crostinhas, que desaparecem em questão de dias.

Qualquer área do corpo poderá ser utilizada o tratamento.

O tratamento completo para eliminação de pelos a laser dura seis sessões, em média.

As sessões são realizadas a cada 30 dias para que possam atingir todos os pêlos. Após a primeira aplicação, os resultados são visíveis e, ao final de seis aplicações, quase todos os pêlos são eliminados.

Leia Também  Curso de Podologia Gratuito

Após cada sessão, aplique um gel calmante. Evite calor ou transpiração intensos e sol no local. Caso tenha ardência ou queimação, faça compressas geladas por 30 minutos.

Para a primeira sessão deve se utilizar uma baixa graduação do aparelho de laser para que não haja queimaduras de segundo grau, formação de bolhas em alguns pontos ou ainda o escurecimento temporário da região afetada.

Um cuidado deve ser tomado para as mulheres de pele morena ou negra para que possam fazer a depilação sem correr o risco de manchar. Os aparelhos mais modernos são os indicados.

O melhor tipo de laser a ser usado em sua pele o seu médico especializado em laser vai decidir após um exame prévio.

Leia Também  Musculação para o bumbum

Alguns profissionais acham que o uso do descolorante não é problema outros acham que sim por vias da dúvida evite.

O laser não proporciona depilação definitiva, já que alguns podem voltar a nascer após algum tempo. Não esqueça a manutenção anual.

A manutenção é necessária após a aplicação por que alguns pelos podem voltar e é possível porque existem folículos imaturos, que se desenvolvem no futuro.

Você deve evitar a depilação com cera quente ou fria, pinça ou eletrólise por quatro e seis semanas antes e durante o tratamento a laser.

Para tomar sol após a sessão deve ser conferido na clínica que fez a aplicação pois algumas já trabalham com tipo de laser que pode tomar sol após a aplicação.

2 comentários em “Depilação a laser”

  1. Pingback: Fique por dentro Depilação » Blog Archive » Depilação a laser » Toda Perfeita

  2. Pingback: Fique por dentro Depilação » Blog Archive » Depilação a laser

Deixe uma pergunta ou sugestão abaixo!