Dieta sem lactose – menos 10 kg em duas semanas

 

Dieta para intolerância à Lactose

Dieta sem lactose. Muitas pessoas possuem intolerância a lactose, por isso já mantêm uma dieta sem alimentos derivados do leite.

A proposta da dieta é levar esse tipo de alimentação para pessoas que não possuem essa restrição, porém, que desejam enxugar alguns quilinhos antes da chegada oficial do verão. Receitas sem lactose para intolerantes

Dieta sem lactose 1

A lactose é um tipo de proteína que está presente no leite e seus derivados sendo esta substância uma causadora de alergia em muitas pessoas. Tudo Sobre Intolerância à Lactose

Sendo que poderá causar sintomas desconfortáveis como dores abdominais, diarreia persistente, perda de peso e vários outros sintomas que podem incomodar muito as pessoas que possuem intolerância à esta substância. Dieta sem Lactose

O que causa a intolerância a lactose no organismo?

A intolerância à lactose acontece quando há uma diminuição na quantidade da enzima lactase, resultando numa inabilidade do organismo para digerir o açúcar do leite, a lactose.

Se a lactose não for digerida é fermentada no intestino grosso e há a produção de ácido láctico e gases como o gás carbônico e hidrogênio.

A lactose presente no intestino grosso aumenta a pressão osmótica do intestino, dando origem à sintomas como diarreia e excesso de gases.

Como os problemas de intolerância à lactose são decorrentes da inabilidade de digestão da lactose e não são todas as pessoas que desenvolvem sintomas.

Evite esses alimentos

São vários os alimentos que utilizam o leite na sua fabricação. As pessoas que tem intolerância à lactose devem sempre ler o rótulo do alimento, para saber se existe algum derivado do leite como o coalho, o soro do leite ou leite.

Os alimentos que geralmente contêm leite são: pão de leite, bisnaguinha, bolos, cereais processados; purê de batatas, sopas cremosas industrializadas, margarina; queijo, requeijão, iogurte carnes ao molho, molhos de salada; doces de leite, misturas para panquecas, biscoitos, e bolachas etc.

Alimentos indicados

Carnes, vegetais, frutas, gorduras, óleos, açúcares.

Grupo dos pães, massas e cereais que não tenha leite e seus derivados na composição.

Tofu, bebidas de soja, leite de soja, queijo minas, iogurte e cottage zero lactose.

A marca Vitao e Jasmim, Liane, etc, fabricam alguns produtos sem lactose, mas é importante sempre ler o rótulo.

Alfarroba, Creme vegetal soya lanche, becel

Bebida vegetal de arroz

Geleia, sucos, oleaginosas, leguminosas.

Vamos a dieta sem Lactose:

Café da manhã

Opção 1: 1 xíc. de chá de ervas (verde, branco, hibisco, hortelã) + 1 xíc. (chá) de salada de frutas com 1 col. (sobremesa) de linhaça triturada e 1 col. (sobremesa) de mel

Opção 2: 1 copo (200 ml) de leite de soja (ou de arroz ou de amêndoa) + 1 fatia de pão integral light com 1 fatia de peito de peru light

Opção 3: 1 copo (200 ml) de suco de laranja batido com 1 folha de couve fresca (sem o talo) + 1 fatia de pão integral light com 1 ovo mexido

Opção 4: 1 pote de iogurte de soja com 1 col. (sopa) de farinha de linhaça triturada + 1 torrada integral com patê de tofu (veja receita)

 Lanche

Opção 1: 1 porção de fruta (1 banana, 1 rodela média de abacaxi, 1 goiaba) + 2 amêndoas

Opção 2: mix de frutas secas: 1 damasco + 1 castanha-do-pará + 1 amêndoa

Opção 3: 1 pote de iogurte de soja

Opção 4: 1 barrinha de sementes (gergelim, linhaça)

Almoço

Opção 1: 2 col. (sopa) de arroz integral + 1 concha média de feijão + 1 filé médio de carne magra (alcatra, patinho, filé-mignon) grelhado + 1 xíc. (chá) de brócolis no vapor

Opção 2: salada de folhas verde-escuras (couve, agrião, rúcula) à vontade com 2 col. (sopa) de cenoura crua ralada e 2 azeitonas temperadas com 1 col. (sobremesa) de azeite, pouco sal, limão + 2 col. (sopa) de arroz integral (ou arroz 7 grãos) + 1 concha média de lentilha + 1 filé médio de frango grelhado com ervas (alecrim, cebolinha, salsinha)

Opção 3: 1 pegador de espaguete integral com molho de tomate e manjericão + 1 posta média de peixe assado, cozido ou grelhado com ervas (alecrim, salsinha, cebolinha)

Opção 4: salada mista de folhas verde-escuras, tomate e couve-flor cozida à vontade temperada com 1 col. (sobremesa) de azeite, pouco sal e limão + 1 hambúrguer de carne bovina (ou hambúrguer de frango ou de grãos: soja, quinoa, lentilha) + 2 col. (sopa) de purê de mandioquinha com cenoura ou inhame + 2 col. (sopa) de ervilha torta refogada com cebola e tomate

Lanche da tarde

Opção 1: 1 taça de gelatina de uva (de preferência, gelatina de agár-agár – à venda em lojas de produtos naturais)

Opção 2: 4 col. (sopa) de abacate com limão e adoçante (opcional)

Opção 3: 1 porção de fruta ( 2 kiwis, 2 ameixas, 1 mexerica)

Opção 4: 1 barrinha de sementes (gergelim, linhaça)

Jantar

Opção 1: salada de folhas verdes, pepino e tomate à vontade com 2 azeitonas temperados com 1 col. (sobremesa) de azeite, pouco sal e limão + 1 fatia média de carne assada com molho de mostarda (opcional)

Opção 2: salada de folhas verdes à vontade com 1 rodela fina de abacate cortado em meia-lua e tomate temperados com 1 col. (sobremesa) de azeite, pouco sal e limão + 1 filé médio de peixe grelhado ou assado com limão e ervas

Opção 3: 1 filé médio de carne vermelha magra (alcatra, patinho, filé-mignon) grelhado + 3 col. (sopa) de cogumelo- de-paris (shiitake ou shiimeji) refogado com cebola e shoyu light

Opção 4: sopa de tomate (veja receita)

Ceia

Opção 1: 2 castanhas-do-pará

Opção 2: 1 taça de gelatina diet

Opção 3: 1 cookie integral pequeno

Opção 4: 1 fruta (maçã, kiwi, ameixa)

Dicas:

Para compensar o consumo de cálcio deve-se consumir vegetais de cor verde escura : mostarda, couve, couve, rúcula, aipo, brócolis, erva-doce, repolho, abobrinha, feijão verde, couve de Bruxelas, feijão preto,feijão, feijão branco, grão de bico branco, ervilhas, salmão, tofu, sardinha, amêndoas, sementes de gergelim, bebidas e alimentos enriquecidos com o cálcio.

Observações:

Você pode fazer várias substituições na sua dieta para que o corpo não tenha contato com a proteína, assim você poderá viver uma vida saudável e sem os indesejáveis sintomas que aparecem quando ingere a lactose.

Sendo que no mercado existem diversas marcas que são isentas de lactose ou diminuem a quantidade da substância em seus produtos para as pessoas que possuem sintomas mais leves da intolerância.

A intolerância a lactose não é uma doença, mas uma deficiência do organismo, ela pode ser facilmente controlada, permitido que a se tenha uma vida saudável.

Deixe uma pergunta ou sugestão abaixo!

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.