Organizando o Ármario – Dicas Práticas

Dicas para organizar o guarda-roupa

Não adianta, quando chega a hora de escolher uma roupa para sair de casa é aquela correria e briga com o espelho, logo, quem sofre com isso, é o seu armário, que vira uma bagunça generalizada. Você quer muito deixar as roupas visíveis e fáceis de achar no seu guarda-roupa, é simples, siga essas dicas.

Blusas de manga longa, manga curta, regata, saias curtas, longas, de jeans, vestidos curtos, longos, de festa, de inverno, calças jeans, shorts, calça de ginástica, de tecido, enfim, são muitos os tipos de roupas que cabem no armário feminino, não é mesmo? É claro que com tantas peças na hora de escolher o look vira tudo uma bagunça, devido a grande quantidade de itens que temos para achar.

Leia Também  Suco Para Curar a Ressaca

Para organizar tudo isso é melhor separar tudo por grupos, mais ou menos como os descritos acima. Separe todas as blusas, vestidos, calças, saias, shorts e casacos. Depois, entre esses grandes grupos crie pequenos grupos, como blusas de verão ou inverno, o mesmo faça com o restante das peças.

Após separar cada grupo de roupas, separe esses pequenos grupos por cores. Os estampados também podem ficar separadamente. Isso torna tudo muito mais fácil. Assim, toda vez que você for escolher um look, poderá ir direto na pilha de calças jeans, depois na pilha de blusas brancas, na pilha de casacos azuis e assim por diante. Mais fácil, não é?

Leia Também  Dicas para ser mais positiva

Faça isso também com os sapatos. Separe botas de cano curto, cano alto, de salto, de bico fino, de montaria, sandálias de salto, rasteirinhas, sapatilhas, peep toes, scarpins de bico fino, sapatos de bico redondo, quadrado, sandálias de festa, tênis, chinelos de dedo, pantufas e assim por diante.

Os acessórios de pescoço, como lenços, echarpes e mantas podem ficar bem acomodados dobrados em uma gaveta. Já os seus brincos, colares, anéis, pulseiras e demais jóias e bijuterias podem ficam bem guardadas em caixas específicas com divisórias.

 

Por Ingrid de Castro.

Deixe uma pergunta ou sugestão abaixo!